A revolta da terra

Na mensagem para o dia 1º de janeiro de 2010, o Papa Ratzinger afirmou: “Quando o homem tiraniza a terra, provoca a rebelião da natureza”. Referiu-se ainda à “crise ecológica” e à necessidade de uma “consciência ecológica”.

Parece que os tufões, enchentes, granizos, terremotos, alterações climáticas, poluições dos rios e dos lençóis de água, desertificação da terra e a perda da produtividade agrícola denotam mesmo uma certa revolta da terra, fruto da falta de consciência ecológica.

À falta de consciência ecológica deve seguir uma educação para a responsabilidade ecológica. Bento XVI no mesmo documento fala da harmonia da criação: “Quando cuidamos da criação, constatamos que Deus, através da criação, cuida de nós”. Esta é a “gramática” inserida na criação.

Portanto, devemos renovar a aliança entre o ser humano e o ambiente. Devemos revisar nosso estilo de vida, nosso modelo de consumo e de produção, a gestão de nossas florestas, o tratamento dado ao lixo. Enfim, criar consciência de que a degradação ambiental põe em questão os comportamentos de cada um de nós.

O que certamente requer uma real mudança de mentalidade! Todos somos responsáveis pelo cuidado da natureza. Todos somos responsáveis pelo bem comum da humanidade.

João Paulo II falava da “nova solidariedade”. Bento XVI fala da “solidariedade global”. Não significa somente a dimensão universal, de todos os povos da terra, mas significa a solidariedade entre as gerações.

Um índio do Amazonas um dia me disse: “Nosso padre sempre fala: trabalhem e economizem”. Para o padre “economizar” significa amontoar. Para nós “economizar” significa caçar e pescar somente o que precisamos para viver. Porque nós pensamos em nossos filhos!

O ano de 2010 nos veja menos cruéis entre nós, menos cruéis com os animais e mais cuidadosos com a terra, nossa casa comum.

Seja como a Bíblia diz (Gn 1, 31): “E Deus viu tudo o que havia feito: e era muito bom”.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This