Arquidiocese de Botucatu realiza de Fórum de Pastorais Sociais

Na último domingo a Arquidiocese de Botucatu realizou o Iº Fórum das Pastorais Sociais, no Colégio Santa Marcelina em Botucatu, com a participação de mais de 160 pessoas. A abertura do evento foi organizado pelo Conselho Arquidiocesano de Leigos (CAL). No início dos trabalho, o arcebispo de Botucatu, dom Maurício Grotto de Camargo falou aos participantes, apontando os objetivos do Fórum. Lembrou a abertura da 5ª Semana Social Brasileira, que tem o desafio de promover o debate sobre o Estado brasileiro.

Para o presidente da Comissão Arquidiocesana para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz e coordenador dos evento, Monsenhor José Lorusso, o Fórum é a “Igreja que sai da sacristia, contrariando a ideia de que a Igreja não deve se preocupar com o social, apenas com as almas. Preocupando-nos com o social nos preocupamos com a pessoa e assim inserimos o desejo maior da própria vivencia de fé, uma fé compromissada que salva a alma e a pessoa toda, não só uma parte.”
A diversidade das obras sociais da Igreja local foi apresentada pela coordenadora da Cáritas arquidiocesana, Maria Rosa, que as considerou “uma grande riqueza de serviço e apoio aos pobres”. Também participou do encontro o assessor da Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade da Justiça e da Paz, padre Ari Antônio dos Reis. Ele ressaltou a importância da ação social em Botucatu. “Na ação das pastorais sociais a Igreja se faz presente junto aos pobres e fragilizados e diante deste processo é necessária a reflexão da realidade do Estado Brasileiro”, explicou o assessor.
O Fórum começou com uma reflexão sobre a história do Estado e os motivos do seu surgimento, seguida da exposição sobre a sua realidade atual. No final, os participantes aprofundaram, em trabalhos de grupo, as características do Estado que queremos, proposta pela 5ª Semana Social Brasileira.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This