Arquidiocese de Porto Velho lança texto-base do 12º Intereclesial das CEBs

Na sexta-feira, 23, durante a reunião dos assessores e representantes das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) foi lançado o livro texto-base do 12º Intereclesial

das CEBs, com o mesmo tema do evento: “Ecologia e Missão”. Cerca de 120 pessoas participaram do lançamento que aconteceu em Porto Velho (RO). O acontecimento terminou ontem, 25.

O arcebispo de Porto Velho, dom Moacyr Grechi, esteve presente e falou sobre a rica biodiversidade do Brasil e, de modo especial, da Amazônia. Dom Moacyr também frisou que o texto-base prepara para o 12º Intereclesial das CEBs por meio dos vários artigos que o integram: “Os artigos nele contido ajudam a compreender a sociedade e suas etnias, as diversas religiões e culturas da Amazônia e todo o Brasil e a descobrir formas de defender a vasta e ameaçada região”.

“O cuidado com a vida é o maior desafio para a humanidade” afirmou padre Valdecir Cordeiro, padre Valdecirorganizador do texto-base. Segundo ele, a vida se encontra ameaçada em escala planetária e caminhamos rumo ao desequilíbrio, as conseqüências são provocadas por um modelo de desenvolvimento e estilo de vida que agride a natureza.

“O grito da terra e dos povos amazônicos”, foi apresentado pelo irmão marista, Sebastião Ferrarini, que descreveu a realidade num olhar amplo e atento.  Em seu texto, Ferrarini, ajuda a entender que se chama “Amazônia” que é uma realidade multifacetada do ponto de vista do espaço, da paisagem, dos recursos naturais, das culturas e dos interesses que pairam sobre a região.

Durante o lançamento, também se fez presente, através de um vídeo, a indígena professora Eva, da etnia Canoé, de Guajará-Mirim-RO, que apresentou a experiência alternativa de comercialização de produtos produzidos em Sagarana, cooperativa autônoma administrada pelas 11 etnias com que compõem a aldeia. A indígena se encontra em Belém participando do Fórum Social Mundial.

Vários assessores, historiadores e teólogos colaboraram na elaboração do livro, como Raimundo Possidonio, Faustino Teixeira, Armando Dias Mendes, Jean Hebette,Sebastião A. Ferrarrini,Marcelo Barros, Gunter Kroemer, Nancy Cardoso Pereira, Tea Frigerio, Cláudio O.Ribeiro, Leonardo Boff,  Sergio Badanini, Luiz Ceppi, Luiz Mosconi, Antonio Cechin, Eva Canoe, D. Sergio Castriani, Paulo Suess. Pe.Valdecir L. Cordeiro, organizador do Texto-Base, sintetiza os temas na Introdução do livro.

O Texto Base está estruturado em três partes, seguindo o método Ver-Julgar-Agir. A 1ª parte: “O grito da terra e dos povos amazônicos”, retrata a realidade dos povos amazônicos e suas necessidades.  A 2ª parte: “A Igreja que vive na Amazônia proclama o evangelho da vida”, de cunho mais interpretativo e reflete sobre a realidade descrita a partir da fé. E a 3ª parte: “Clamor por justiça, partilha e paz” que traz uma proposta de ações concretas para a Amazônia.

O Texto-Base foi publicado pela Editora PAULUS e pode ser adquirido em todas as livrarias católicas do país.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This