Dioceses promovem abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016

Este ano, a Campanha tem como foco o saneamento básico

Com o tema “Casa Comum Nossa Responsabilidade” e o lema “Quero Ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016 iniciou no dia 10 de fevereiro. Este ano, o objetivo principal é chamar a atenção para a questão do saneamento básico no Brasil e sua importância para o desenvolvimento, a saúde integral e a qualidade de vida para todos.

Confira a abertura da CFE 2016 nas arquidioceses e dioceses do Brasil

Olinda e Recife

“Não podemos fechar os olhos diante dos problemas socioambientais tão gritantes e que afetam diretamente milhares de pessoas no nosso Estado e país. Precisamos encontrar soluções e juntos, igrejas, poder público e sociedade civil trabalharmos para que as mudanças possam de fato ocorrer”, disse o arcebispo de Olinda e Recife dom Fernando Saburido, sobre a CFE 2016. 

A abertura da Campanha ocorreu na arquidiocese de Olinda e Recife com uma missa ecumênica, no dia 10 de fevereiro, na Associação dos Recicladores de Olinda, às 16 horas. A missa foi presidida por dom Fernando Saburido.

 

 

Aracaju

O arcebispo de Aracaju, dom José Palmeira Lessa, concedeu entrevista coletiva à imprensa sergipana sobre a Campanha da Fraternidade 2016, no dia 11 de fevereiro. Na ocasião, o arcebispo destacou o objetivo principal da Campanha. “É preciso que todos se empenhem para cuidar da natureza, e o saneamento básico é uma das formas que trará melhor qualidade de vida para toda coletividade, por isso conclamamos que cada um possa contribuir com a Campanha”, afirmou.

Durante a coletiva, o padre e assessor eclesiástico para as campanhas, Carlos Alberto Barros Santos, explicou como será trabalhada a campanha na arquidiocese de Aracaju. “Já foi realizado um seminário e outros estão sendo programados nos vicariatos para melhor compreender a problemática do saneamento básico e também para chamar a atenção das autoridades para que as políticas públicas sejam implantadas no sentido de melhorar as condições de saneamento das comunidades”, disse.

A Campanha, na arquidiocese de Aracaju, será lançada no próximo sábado, 13 de fevereiro, na missa das 16h30, na Catedral Metropolitana.

Maceió

O arcebispo de Maceió (AL), dom Antônio Muniz Fernandes, presidiu missa, na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres, na quarta-feira de cinzas, dia 10 de fevereiro. A celebração com a imposição das cinzas sobre os fiéis marcou o início da Quaresma e a abertura da Campanha da Fraternidade Ecumênica na arquidiocese de Maceió.

“Quaresma tempo forte de conversão, de avançar para águas mais profundas e assumir os desafios de ser cristão. Dar início a um processo de conversão. Hoje termino com o primeiro ciclo das Obras de Misericórdia que foi visitar os presos e assistir suas necessidades. Portanto desde o ano passado até o dia ontem, 9, eu pedi ‘esmolas’ e não pedi aos adultos e sim, as crianças, para atender as necessidades das famílias dos nossos irmãos que vivem nas prisões. Fui atendido, graças a Deus!”, disse dom Antônio Muniz na homilia.

Patos 

A diocese de Patos (PB) realizará a abertura da Campanha da Fraternidade em parceria com o regional Nordeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em momentos distintos. No dia 12 de fevereiro, acontecerá um momento de formação sobre o tema da Campanha, no Colégio Cristo Rei, às 19 horas. Na ocasião, haverá uma mesa de debates com a participação do professor Jacob e do padre Egídio Carvalho, da arquidiocese da Paraíba. 

A missa de abertura da CFE 2016 acontecerá no dia 13 de fevereiro, no Lixão da Cidade de Patos, às 07h30. 

 

Belo Horizonte

A abertura da 53ª Campanha da Fraternidade na arquidiocese de Belo Horizonte (MG)  será realizada no dia 13 de fevereiro, a partir de 14h, na Associação dos Moradores do Conjunto Ribeiro de Abreu. Durante o evento, paróquias e instituições irão apresentar, nos estandes, o trabalho social que realizam em benefício da sociedade.

Juiz de Fora

Missas especiais nas paróquias e comunidades foram celebradas no dia 10 de fevereiro, na arquidiocese de Juiz de Fora (MG). Na Catedral Metropolitana, além da missa tradicional,  celebrada pelo arcebispo dom Gil Antônio Moreira, também houve a abertura da Campanha da Fraternidade 2016.

Goiânia

A arquidiocese de Goiânia (GO) realizou a abertura da Campanha da Fraternidade, no dia 10 de fevereiro, às 9h, no auditório da Cúria Metropolitana de Goiânia. Representantes do clero, religiosos, fiéis, autoridades políticas e representantes da sociedade civil participaram do evento.

Campinas

Em Campinas (SP), o arcebispo dom José Airton dos Santos presidiu a missa de Cinzas, no dia 10 de fevereiro, às 18h30. O bispo também atendeu a imprensa dos municípios que compõem a arquidiocese, às 18h, na Catedral.

Limeira 

“Mesmo sendo umas das sete maiores economias do mundo, o Brasil tem atualmente 100 milhões de brasileiros que vivem sem saneamento básico, faltando água limpa para suas necessidades vitais, o tratamento de esgoto e a coleta de lixo, uma situação precária de vida que não garante a essas pessoas um mínimo de dignidade humana. Assim como cuidamos de nossos lares, precisamos cuidar do planeta com responsabilidade, desde as pequenas ações na nossa casa até o nosso convívio diário com as pessoas e na nossa relação com a natureza”, disse o bispo de Limeira (SP), dom Vilson Dias de Oliveira, no lançamento da CFE 2016, ocorrido no dia 11, na Catedral Nossa Senhora das Dores.

Piracicaba

“Precisamos cuidar de nossa casa comum, nossa terra, para que se torne cada vez mais habitável. Temos que ter conscientização que nossa casa é uma casa de irmãos e somos todos responsáveis”, disse o bispo de Piracicaba (SP) sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2016.

Durante coletiva de imprensa realizada no Centro Diocesano de Pastoral, na quarta-feira, 10, foram informadas as ações que estão sendo desenvolvidas durante a CFE 2016. O evento contou com a presença do bispo da diocese, dom Fernando Mason, do coordenador de Pastoral, Aparecido Barbosa, e do coordenador diocesano da CFE 2016, Edgard Oliveira Batista.

Três Lagoas 

“O nome já diz: ‘Casa comum, nossa responsabilidade’. É hora de juntos nos empenharmos pelo direito ao acesso a saúde e bem-estar da população. Como cristãos somos chamados a cuidar do meio ambiente e zelar pela criação divina”, disse o bispo da diocese de Três Lagoas (MS), Dom Luiz Knupp.

Na diocese de Três Lagoas, a Campanha da Fraternidade foi lançada durante a missa de Quarta-feira de Cinzas, presidida por dom Luiz, no dia 10 de fevereiro. 

 

 

 

Curitiba

O Movimento Ecumênico de Curitiba (Movec) irá promover, no dia 14 de fevereiro, uma celebração de abertura da CFE 2016.  Participarão representantes das igrejas Católica Apostólica Romana, Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e Episcopal Anglicana do Brasil, junto com outras igrejas que compõem o Movec. A celebração será realizada na Catedral de São Tiago, às 19h.

Passo Fundo

Para marcar o lançamento da CFE 2016, a arquidiocese de Passo Fundo (RS) realizou uma coletiva de imprensa com os veículos de comunicação, na quarta-feira, 10. O evento contou com as presenças do arcebispo de Passo Fundo, dom Rodolfo Weber; do pastor sinodal, Ricardo Cassen; do representante do Fundo de Solidariedade da arquidiocese, Luiz Costella; do coordenador de pastoral, Arnildo Fritzen, e do representante das pastorais sociais da arquidiocese, Junior Centenaro.

“A Campanha da Fraternidade Ecumênica é um testemunho de fraternidade, de diálogo e unidade. Ela deseja mudar nossa mentalidade sobre o saneamento básico. Se nosso pensamento e atitudes já estão neste rumo, serve para fortalecer e ajudar a perseverar no caminho”, disse dom Rodolfo Weber. 

 

Cruz Alta

Na diocese de Cruz Alta (RS), a CFE 2016 foi lançada oficialmente no dia 10 de fevereiro. Para o bispo de Cruz Alta, dom Adelar, a Campanha da Fraternidade 2016 pode ser considerada o maior projeto de evangelização que o Brasil tem, e que serve como um bom exemplo para outros, tanto que, neste ano, entidades da Alemanha se associaram à Campanha. Segundo o bispo, a CF deste ano tem como inspiração a carta do papa Francisco, Laudato Si, que aborda o tema Casa comum, onde todos são convidados para uma conversão ecológica.

Além do gesto concreto que é realizado em âmbito nacional com a coleta solidária, este ano serão realizadas, na diocese, ações de reflexão em torno do combate ao mosquito aedes aegypti, o mosquito da dengue. “Sabemos que o poder público e as instituições de nosso país, com a ajuda significativa dos meios de comunicação, estão trabalhando incansavelmente para o combate, porém é responsabilidade de cada cristão, cidadão brasileiro, fazer a sua parte. Então, como igreja, estamos juntos nesta missão”, destaca o bispo de Cruz Alta, dom Adelar.

Erexim

Ao lançar a Campanha da Fraternidade Ecumênica na diocese de Erexim (RS), na Catedral São José, no dia 10 de fevereiro, o bispo dom José Gislon convidou a todos a viver a Quaresma como tempo de proximidade maior com o Senhor.

Para o bispo, promover a justiça ambiental, assumir a responsabilidade pela “Casa Comum” e denunciar os pecados que ameaçam a vida no planeta é missão confiada por Deus a cada ser humano. O ato de lançamento da CFE 2016 lembrou também a mensagem do papa Francisco para a Quaresma deste ano. Nela, Francisco incentiva a prática das obras de misericórdia corporais e espirituais.

 

 

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This