Assembleia dos bispos começa com celebração na capela do mosteiro da Vila Kostka

A 47ª Assembleia Geral dos Bispos será aberta nesta quarta-feira, 22, com uma celebração na Capela Central da Casa de Retiros da Vila Kostka, em Itaici, Indaiatuba (SP), às 8h15, dirigida pela presidente da CNBB e arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha. Junto com o presidente estarão o vice-presidente, dom Luiz Soares Vieira, o secretário geral, dom Dimas Lara Barbosa e os bispos presidentes dos 17 regionais da CNBB.

Na procissão de entrada será carregada a cruz processional, o Círio Pascal, a imagem de Nossa Senhora Aparecida, um Tríptico (capelinha missionária), um banner do Ano Catequético e outro do 12º Encontro Intereclesial das CEBs.

Terminada a celebração todos seguirão para o auditório Rainha dos Apóstolos onde se realizarão as sessões de trabalho. No primeiro momento de hoje, aberto à imprensa, a mesa será composta pelos bispos da Presidência da CNBB; pelo núncio postólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri; pelo arcebispo de Campinas (SP), dom Bruno Gamberini; pelo diretor da Casa de Retiro Vila Kostka, padre Emmanuel da Silva e pelo vice-prefeito de Itaici, João Carlos Pinheiro.

Ainda pela manhã, os bispos aprovarão a pauta da assembléia e dom Geraldo Lyrio apresentará o relatório das atividades da Presidência no ano de 2008.

À tarde, as atividades são retomadas às 14h30 com uma oração na capela. Em seguida haverá duas sessões em que serão apresentadas as análises de conjuntura social e eclesial. No mesmo horário haverá a primeira coletiva com três bispos a serem indicados pela Assembleia.

Às 18h, haverá a missa presidida pelo núncio apostólico no Brasil,dom Lorenzo Baldisseri. Na celebração o núncio fará a acolhida simbólica dos 22 novos bispos ordenados desde a última assembleia.

À noite, 20h, acontecerá a Reunião do Conselho Episcopal Pastoral, e às 20:30h será a Reunião das Comissões Episcopais de Pastoral.

As demais celebrações serão sempre pela manhã, às 7h, exceto no domingo, quando os bispos, encerrando o retiro, farão uma peregrinação à Catedral de São Paulo, dentro das comemorações do Ano Paulino, que se encerra em junho. Na Catedral, participarão de uma missa, às 15h, presidida pelo cardeal Odilo Pedro Scherer.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This