Assembleia Nacional da União das Religiosas e dos Religiosos, em Fortaleza (CE)

Com uma análise do contexto em que foi escrita a encíclica do papa Francisco, “Laudato Si”, em português “Louvado Sejas”, teve início, na tarde de ontem (21), a discussão da temática “Cultivar a mística do cuidado da Casa Comum, comprometida com a Vida Religiosa em saída”, tema central da XLI Assembleia Nacional da União das Religiosas e dos Religiosos de Congregações Brasileiras, que teve início no dia 20 e segue até o dia 24, na Porciúncula, em Messejana, Fortaleza Ceará.

O palestrante, Brayan Filipe Farias, do Serviço Franciscano de Solidariedade (SEFRAS / OFM) lembrou que o documento da Igreja foi escrito em meio a uma realidade  desafiadora de degradação da natureza e da vida, de modo geral, e que surge como apelo à mudança.

Confira a notícia na íntegra.

Share This