CF 2009

Tema: Fraternidade e Segurança Pública
Lema: A Paz é fruto da Justiça(Is 32,17)

O objetivo geral da CF 2009 é suscitar o debate sobre a segurança pública, contribuir para a promoção da cultura da paz nas pessoas, na família, na comunidade e na sociedade para que todos construam a justiça social, garantia da segurança para todos. A paz construída é a paz positiva tendo presente os valores humanos como a solidariedade, a fraternidade, o respeito ao outro, a mediação pacifica dos conflitos. A paz negativa orienta-se pelo uso das armas, intolerância com os diferentes, os bens materiais.

Todas as pessoas aspiram por segurança; porém essas se deparam pela falta de segurança pública manifestada pela violência no trânsito, nos cárceres, no tráfico de drogas, armas, desigualdades sociais, na fome, na miséria, na corrupção e em outras formas. Nós precisamos refletir sobre essa questão. Na realidade a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos. A segurança pública está ligada ao Estado Democrático de Direito não sendo uma função exclusiva do Estado mas refere-se às atitudes e valores dos cidadãos e a Constituição Federal fala em exercício pleno da cidadania.

O Senhor salva o povo que nele confia. O anjo do Senhor vem para proteger dando plena segurança pois ele vai à frente como os profetas, protege pelo caminho como Moisés, introduz na terra prometida como Josué e carrega o nome do Senhor como os sacerdotes. A confiança em Deus não isenta a pessoa na construção da paz, da justiça e da segurança. A confiança em Deus conduz o irmãos para o Shalom, à paz. Este termo aparece 239 vezes na Escritura do qual abrange o bem-estar, felicidade, saúde, segurança, relações sociais equilibradas, harmonia consigo mesmo, com o próximo e com Deus. A paz na Bíblia é a aliança que Deus fez com o povo de Israel em vista da paz e para a paz(cf Nm 25,12).  A paz é fruto da justiça(Is 32,17).

O profeta Isaias fala do Messias como o Príncipe da Paz (cf Is 9,1-5): tudo se realiza em Jesus. O Príncipe da Paz afirma no alto da cruz: “Pai, perdoa-lhes! Eles não sabem o que fazem!”(Lc 23,34). Ele reconcilia todas as coisas, as da terra e as do céu(cf Ef 1,10). Em Jesus nós descobrimos que segurança pública é mudança de critérios, pois a reconciliação é o caminho para a paz.  A Igreja, sendo perita em humanidade, na expressão de Paulo VI em seu discurso na ONU (04/10/1965) deve ser a exemplo de seu divino Fundador e Mestre uma Igreja serva, samaritana no qual volta o seu olhar para aqueles que sofrem e passam por necessidades. Ela deve ser solidária para com todas as pessoas e deve usar bem o poder em vista do bem comum de uma forma diferente da vida civil.

Algumas outras ações que podem ser desenvolvidas na comunidade eclesial e na sociedade:- assegurar serviços de caridade para com a vítimas da violência e seus familiares;- apoiar as associações que lutam para superar as causas da insegurança;- promover o diálogo com os poderes públicos, leis e políticas públicas que permitam a construção de uma sociedade mais segura;

  • organizar casas de acolhidas que atendam com compaixão e solidariedade as vítimas da violência e os grupos de risco;- privilegiar o tempo quaresmal em vista da conversão e da mudança de mentalidade na busca da coerência entre fé e vida;- fortalecer as pastorais sociais sobretudo a pastoral carcerária;
  • ter presente o diálogo ecumênico e inter-religioso e inter-cultural para a busca de caminhos na construção da vida segura;- difundir a espiritualidade da não violência, priorizando o diálogo, a solidariedade, o perdão;- promover dinâmicas de perdão entre as famílias; A Cf se expressa pela oferta em dinheiro na coleta da solidariedade. O gesto é concreto feito em âmbito nacional, nas comunidades, paróquias, dioceses. Desta forma se expressa a Coleta da Solidariedade:Domingo de Ramos, 05 de abril de 2009.

Dom Anuar Battisti

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This