CFE é tema de Comissão Geral na Câmara dos Deputados

Dom Leonardo Steiner destaca necessidade de educação sobre o tema da CFE 2016

O bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, participou na quarta-feira, 23, de uma Comissão Geral da Câmara dos Deputados que abordou a temática da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016, “Casa Comum, Nossa Responsabilidade”.

No evento, dom Leonardo falou da necessidade da educação sobre o saneamento básico. “Se não nos educarmos para o saneamento básico, inutilmente faremos cobrança. Sabemos das necessidades da fiscalização, mas creio que é fundamental a prática educativa”, observou.

A secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), pastora Romi Márcia Bencke, defendeu a mudança do estilo de vida das pessoas como principal ação de cuidado com a questão do saneamento. “Trata-se de um tema invisibilizado e não angaria votos. Ele tem a ver tanto com política pública quanto com o estilo de vida das pessoas. Se não mudarmos o estilo de vida consumista estaremos destruindo nosso meio ambiente”, afirmou.

Na reunião, os parlamentares questionaram a situação de uma parcela da população que não tem acesso à água potável e outros itens do saneamento básico, além da falta de investimento governamental, a relação com problemas de saúde e o envolvimento de seus pares com o tema durante as votações da casa.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), somente 51% da população do território nacional têm saneamento básico.

De acordo com a Câmara esta foi uma sessão plenária da Câmara transformada em comissão geral. Isso acontece quando há o interesse em discutir sobre assunto relevante, projeto de iniciativa popular ou para ouvir ministro de Estado. Nessa ocasião, diferentemente dos debates ocorridos durante a votação de matérias, além dos deputados, podem falar representantes da sociedade envolvidos com o tema, como foi o caso de dom Leonardo Steiner e da pastora Romi.

Com informações da Agência Câmara de Notícias
Com fotografia de Gustavo Lima/Câmara dos Deputados e reprodução de WebCâmara

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This