Chacina em Redenção (PA) deixa pelo menos 10 posseiros mortos, sendo 9 homens e 1 mulher

As dez vítimas foram mortas na manhã desta quarta-feira, 24 de maio, durante o cumprimento de uma ação de reintegração de posse determinada pelo juiz da Vara Agrária de Redenção. Ainda segundo informações iniciais, o magistrado determinou que essa ordem fosse cumprida por policiais militares e civis. O juiz não se atentou para as orientações que constam na Cartilha da Ouvidoria Agrária Nacional e nas diretrizes do Tribunal de Justiça, que determinam que esse tipo de ação seja realizada por Batalhão da Polícia Militar especializado nestas situações.

Nota de Solidariedade e lamento:

Marabá, 25 de maio de 2017

            Viemos através desta como igreja diocesana de Marabá, como pessoas que acreditam em Jesus Cristo, através também da sua CPT manifestar a mais estrita solidariedade às famílias enlutadas pela morte de 10 trabalhadores rurais sendo 9 homens e uma mulher e sendo sete da mesma família, na fazenda Santa Lúcia no Município de Pau D`Arco, Sudeste do Estado do Pará, ocorridas no dia 24 de maio. Ao mesmo tempo que lamentamos profundamente que ações dessa natureza continuem a ocorrer no Estado do Pará pela violência e pelas armas, compreendamos não ser possível, construirmos a paz no campo. É preciso dar uma maior atenção por parte dos órgãos competentes para muitas famílias acampadas e assentadas em nossa região. Os conflitos agrários são freqüentes em nossa região. A Diocese de Marabá espera uma rigorosa apuração dos fatos a fim de que sejam identificados e responsabilizados os autores desta tragédia que ceifou a vida dessas 10 pessoas.

Dom Vital Corbellini
Bispo de Marabá (PA)

Íntegra aqui:

Share This