CNBB sedia a cerimônia de entrega do V Prêmio Odair Firmino de Solidariedade da Cáritas Brasileira

A Cáritas Brasileira, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), comemorou seu aniversário de 62 anos, neste dia 12 de novembro de 2018, concedendo a entrega a três organizações da sociedade civil brasileira do prêmio Odair Firmino de Solidariedade, na sede da CNBB, em Brasília (DF), evento que também integra as atividades da II Jornada Mundial dos Pobres, celebrada de 11 a 18 de novembro de 2018.

A V edição do prêmio teve como objetivo estimular e fortalecer ações de grupos comunitários que atuam no fortalecimento da solidariedade e da esperança na construção da cultura da paz. O tema foi: A cultura da paz para a superação da violência, em consonância com a Campanha da Fraternidade 2018, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cujo tema foi Fraternidade e superação da violência.

Em nome da presidência da CNBB, o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da entidade, dom Leonardo Steiner, deu as boas vindas aos presentes à cerimônia e agradeceu ao trabalho que todas as organizações que se inscreveram ao prêmio e as que foram premiadas fazem para tornar a sociedade mais justa e equânime. A solidariedade, lembrou dom Leonardo, é um vicejar da caridade, expressão maior do amor ao próximo.

Para a 5ª edição do prêmio Odair Firmino de Solidariedade, 36 organizações de todo o país se inscreveram. Na solenidade de entrega dos prêmios, a Cáritas Brasileira lançou a revista Odair Firmino que apresenta a história de 15 das experiências inscritas ao prêmio, incluindo as três vencedoras do prêmio.

Prêmio Odair Firmino. Fotos: Cáritas Brasileira/Igor Ferrer

As três experiências premiadas foram:

Morenas do Divino – grupo de geração de renda e economia solidária da comunidade do Divino Espírito Santo, no município de Rio Rufino (SC), localizado a 195 quilômetros de Florianópolis.

Circo Laheto – projeto que atende 146 crianças e adolescentes em Goiânia (GO) com atividades circenses (pernas-de-bau, malabares, monociclo, diabolô, diablete, palhaço, tecido acrobático, trapézio, entre outros) e também com reforço escolar.

Rede de Cooperação Mãos Solidárias (Recomsol) – Rede de mulheres no Pará que mobiliza mais de 20 grupos e projetos de economia solidária.

Conheça as mais das experiências vencedeoras: http://caritas.org.br

Share This