CNIS oferece curso de formação para responsáveis e coordenadores regionais

A Conferência Nacional dos Institutos Seculares (CNIS), organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) oferece o Curso para Responsáveis, Formadores e Coordenadores dos Regionais, no Centro de Formação Sagrada Família, em Ipiranga, São Paulo, de 30 de janeiro a 03 de fevereiro. A proposta da iniciativa, segundo a presidente da Conferência, Aparecida Guadalupe Cafaro é a de ser um projeto alternativo, diante das necessidades e das condições atuais dos Institutos Seculares. “Fundamenta-se na Bíblia, na Palavra de Deus, nos documentos da Igreja e nos diversos chamados registrados no Antigo Testamento e no Novo Testamento e até os dias de hoje”, afirma.

Segundo Guadalupe, o curso pretende abordar os aspectos mais importantes do desenvolvimento contextualizado da pessoa humana, aberta ao transcendente, e da manifestação de Deus ao ser humano, bem como sua resposta consciente ao Criador. “A partir de uma visão antropológica cristã, o conteúdo desta formação tem como núcleo o conhecimento e a valorização da pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus, e a busca de sentido para a sua própria existência a partir de suas experiências, interpretadas à luz da Palavra de Deus”, explica a presidente da CNIS.  

Com o tema “Formando para formar” e o lema “Jesus Cristo – novo Formador” o objetivo é, de acordo com ela, formar os responsáveis para que a exemplo de Cristo sejam abertos aos diferentes para conduzi-los a Deus, para que saibam acompanhar aqueles que lhes são confiados. Com dois assessores, o João Clemente de Souza Neto, doutor em Ciências Sociais e a Moema Rodrigues Muricy, Mestre em Teologia Sistemática, o curso aprofundará, entre outras coisas, a vocação a vida e a santidade da pessoa humana.

Os principais enfoques a serem dados nos dias da formação, segundo a presidente da CNIS, é o fortalecimento da identidade e compromisso da consagração secular dos Institutos Seculares, para responder com coragem, generosidade e eficácia aos desafios da nova evangelização. “Aqui queremos contribuir aos processos de formação de cada Instituto e cada pessoa”, finaliza Guadalupe.

Reunião do Conselho da CNIS

À luz do Estatuto da Conferência Nacional dos Institutos Seculares do Brasil (CNIS), o Conselho da entidade deve reunir-se ao menos duas vezes por ano para avaliações e planejamentos. Com essa proposta, após o curso de formação, o Conselho vai se organizar para elaborar conjuntamente as atividades a serem realizadas durante o ano. Na oportunidade terá como pauta uma avaliação do Encontro da Juventude Consagrada Secular, que acontecerá de 20 a 23 de junho de 2019, em Brasília, com o tema “Vocação, Discernimento e Secularidade” e lema “Vivemos animados pelo Espírito”.

Também serão colocados na pauta a participação da CNIS no Congresso Vocacional, que será realizado de 05 a 08 de setembro de 2019, em Aparecida (SP), onde a Conferência apresentará uma oficina com o tema “Vocação e Missão dos Institutos Seculares”, em sintonia com a temática do IV Congresso Vocacional do Brasil, que é “Vocação e Discernimento”. Outra temática a ser abordada pelo Conselho é a Assembleia Geral Ordinária que será realizada de 15 a 17 de novembro, em Goiânia, no Centro Pastoral Dom Fernando.

 

Share This