Comissão Bíblico-Catequética se reuniu com editoras católicas

No dia 15 aconteceu a reunião da Comissão de Animação Bíblico-Catequética com as editoras católicas, na Casa de Encontros Lareira São José, em São Paulo (SP). A Comissão foi representada pelo bispo de Rondonópolis, dom Juventino Kestering; e a assessora irmã Zélia Maria Batista. Estiveram presentes as editoras Paulus; Salesiana; Marilac; Vozes; Ave Maria; Paulinas e Canção Nova.

Durante o encontro foi tratada a importância das editoras na produção de material adequado, de acordo com as necessidades da realidade e com aquilo que a Igreja propõe. “Reconhecemos a importância das editoras na publicação e difusão de material na linha bíblico-catequética, falta-nos um trabalho mais articulado, ou seja, otimizar o que já existe e avançar para atender às necessidades, em vista de um projeto de publicações que visem a formação integral e que seja capaz de formar discípulos missionários”, disse irmã Zélia.

O encontro foi concluído com uma avaliação muito positiva e com as editoras solicitando à CNBB a socialização da grade de programação dos eventos e das solicitações que chegam das comunidades referentes à publicação de material.

Equipe Executiva de Catequese

As atribuições e objetivos, indicações de novos integrantes e propostas de como dinamizar o seu trabalho que já acontece nos 17 regionais da CNBB. Estes foram alguns assuntos tratados na reunião da equipe executiva de catequese junto às pessoas com deficiência, que aconteceu entre os dias 13 e 14, na Casa de Encontros Lareira São José, em São Paulo (SP).O encontro teve como reflexão a “Iniciação à Vida Cristã”, coleção de estudos da CNBB nº 97 – a reestruturação da equipe e encaminhamentos para o 5º Seminário Nacional, que acontecerá em 2011.

Equipe  Executiva de CatequesePara animar e dinamizar o processo de preparação para o 5º Seminário foram sugeridas algumas propostas. Uma delas é foi a elaboração de uma cartilha com orientações metodológicas de como iniciar a catequese com pessoas deficientes. Outra iniciativa é a produção de um DVD, que evidencie o aspecto formativo, a importância da família, da Igreja, da sociedade no processo de desenvolvimento dessas pessoas. “O que existe de iniciativas da Igreja neste aspecto, como a formação dos presbíteros, religiosas, leigos para atuarem neste espaço de uma forma humana e qualificada, respondendo ao clamor de tantos excluídos que só querem o direito à inclusão, isto é, uma vida digna”, disse a assessora da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, irmã Zélia Batista.

O encontro foi concluído com uma avaliação positiva e com e entusiasmo da equipe que confirma a sua disposição de continuar neste trabalho com alegria. “Aos poucos vamos vendo florescer os frutos de um trabalho tão árduo e edificante”, completou a assessora.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This