Comissão para a Caridade, Justiça e Paz planeja ações

Bispos buscam maior integração das Pastorais Sociais

 

O presidente e os bispos referenciais da Comissão Episcopal Pastoral para a Caridade, Justiça e Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reuniram-se na quinta-feira, 10, na sede da Conferência, em Brasília. Na ocasião, planejaram as atividades e analisaram projetos para o quadriênio referentes aos anos de 2015 a 2019.

Segundo o bispo de Santa Cruz do Sul (RS) e referencial da Comissão, dom Canísio Klaus, a proposta para os próximos anos é realizar uma maior integração com as Pastorais Sociais. “O objetivo é trazer essa Comissão para responder pelas Pastorais Sociais em âmbito nacional, não só o presidente da Comissão, mas também que nós como bispos referenciais façamos alguma parte para podermos ter mais presença junto a esta complexidade que são as Pastorais Sociais”, explicou.

Ainda de acordo com o bispo, é necessário que a Comissão mantenha seus trabalhos concentrados. “É importante somarmos forças para que a nossa expressão como Igreja, na Comissão de Justiça e Paz, seja feita sempre com o objetivo da caridade e da justiça”, enfatizou.

Estiveram presentes no encontro o presidente da Comissão, dom Guilherme Werlang; os bispos referenciais, dom Canísio Klaus, dom Luiz Gonzaga Fechio, dom José Valdeci Santos Mendes, dom André de Witte, dom Milton Kenan Júnior; padre Ari dos Reis,  assessor da Comissão, e irmã Claudina Scapini, do Setor de Mobilidade Humana.

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This