Comissões e organismos promovem evento sobre formação missionária nos seminários

A missionariedade no processo de formação dos futuros padres é o eixo central do primeiro encontro que abordará as novas diretrizes para a formação dos presbíteros, aprovado na última Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). De 24 a 28 de setembro, em Brasília (DF), bispos, responsáveis pela formação presbiteral, coordenadores diocesanos de pastoral e membros dos Conselhos Missionários de Seminaristas poderão aprofundar a formação presbiteral à luz da missão.

Dom Esmeraldo Barreto de Farias

“A proposta é, primeiro, reunir formadores dos seminários dos diversos regionais do nosso Brasil. Segundo, partilhar experiência”, explica o bispo auxiliar de São Luís (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária da CNBB, dom Esmeraldo Barreto de Farias.

“Existem experiências muito bonitas, seja com seminaristas, leigos, com religiosos, com novas comunidades, experiências missionárias muito bonitas”, recorda o bispo, que, desde 2001, acompanha experiências missionárias com seminaristas em Paulo Afonso (BA), Santarém (PA) e Porto Velho (RO).

O encontro sobre formação missionária nos seminários é promovido pela Comissão para a Ação Missionária da CNBB em parceria com a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da entidade, juntamente com a Organização dos Seminários e Institutos Filosófico-Teológicos do Brasil (Osib), o Centro Cultural Missionário (CCM) e as Pontifícias Obras Missionárias (POM).

De acordo com o comunicado divulgado pelos presidentes das Comissões, a iniciativa procura responder a uma demanda de vários segmentos das Igrejas locais, em vista da formação de um presbitério que possa ajudar no processo de colocar as dioceses “em estado permanente de missão, na perspectiva da missão universal”, a partir das Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, atualizadas na última Assembleia da CNBB.

O encontro contará com assessoria de dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados da CNBB, e de dom Leomar Antônio Brustolin, bispo auxiliar de Porto Alegre e membro da Comissão Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB. A metodologia escolhida para o evento consiste em duas sessões, de manhã, de exposições e debates. Duas sessões, à tarde, de oficinas, grupo de estudo, partilha de experiências missionárias, amarração e sínteses.

Participantes das regiões Norte e Nordeste do Brasil contarão com apoio da CNBB para pagamento.

Informações para pagamento e inscrições, clique aqui. 

Share This