Comunicadores destacam suas expectativas para o Muticom de Porto Alegre

Cinco comunicadores falaram à assessoria de imprensa da CNBB sobre suas expectativas para o início e o decorrer do Mutirão de Comunicação da América Latina e Caribe (Muticom) que acontece em Porto Alegre (RS), entre os dias 3 e 7 de fevereiro. Confira abaixo o que disse irmã Joana Corazza, da Rede Católica de Rádio (RCR); irmã Elide Fogolari, do Setor de Comunicação Social, da CNBB; padre César Augusto dos Santos, da Rádio Vaticano; padre Sérgio Gheller, da Rede Scalabriniana de Rádio; e Wellington Alves da Silva, do Jornal Guarulhos Hoje.

Irmã Joana Corazza

irma_corazzaEu espero que seja um evento muito animador para a Pastoral da Comunicação da Igreja no Brasil. A expectativa é das maiores, porque o evento foi muito bem preparado, inclusive porque houve uma mudança de data. O Mutirão vai ser bastante divulgado pela imprensa. Está de parabéns a organização desse Muticom que conseguiu centralizar um local bastante amplo para o desenvolvimento do trabalho da imprensa. Também é preciso considerar a grande presença da mídia tanto do Brasil como internacional por meio da internet, das rádios, TVs, impresso. Para mim, esse Muticom é um processo de continuidade, de reflexão, de inclusão de novos membros na caminhada da Pastoral da Comunicação e de ânimo para os que começam. Um exemplo disso é que vários alunos de comunicação do Serviço à Pastoral da Comunicação (Sepac), que estavam no curso de pós-graduação na semana passada, estão aqui pela primeira vez.

Irmã Elide Fogolari

irmaelideO Muticom de Porto Alegre vem responder aos anseios da Igreja no Brasil e na América Latina e Caribe. Os anseios são que essa Igreja se comunique, não só com as tecnologias, mas também com os processos de relações e isso, nós vamos debater bastante nos seminários, nos painéis e nas oficinas, para que a gente possa desenvolver essa cultura, não só numa sociedade política e econômica, mas também numa sociedade de Igreja. Então é essa a minha expectativa de que esse Mutirão venha a ser iluminador, construtivo e provocador para os processos de comunicação.

Padre César Augusto dos Santos

padrecesarÉ um encontro muito significativo de enriquecimento e de partilha que vai trazer com certeza um aporte para todos os participantes. O que tem de importante no Mutirão é aquilo que vamos levar para casa. A gente trabalha, tem experiência, mas queremos mais e mais aprender. E o Muticom é esse espaço de aprendizagem. A expectativa para nós comunicadores, mais do que divulgar o evento, é aprender e levar o conteúdo para nosso espaço de trabalho. Torna-se mais importante ainda porque o tema do evento “Processos Comunicacionais e Cultura Solidária” é bastante necessário no âmbito comunicacional. Se nós somos cristãos, a solidariedade através da fraternidade é a base de tudo. Então é justamente necessária essa discussão para nós como irmãos, brasileiros e latinoamericanos estarmos discutindo esse tema.

Padre Sérgio Gheller

padresergioUm evento desse porte, sobretudo discutindo cultura solidária e meios de comunicação, é importante para darmos ênfase ao nosso trabalho e sempre nos lembrarmos de fazer jus a essa temática; principalmente no âmbito da fraternidade, da acolhida ao diferente, ao migrante. Cultura solidária é o lado da imprensa pouco explorada e que precisa ser mais trabalhada também por nós da Igreja. Precisamos difundir e viver mais esse lado e usar dos meios de comunicação que nós temos como Igreja para esta cultura solidária, acolhida e fraternidade entre os povos.

Wellington Alves da Silva

wellingtonEsse é meu primeiro Mutirão Latino Americano de Comunicação e a expectativa é grande porque é um momento da Igreja pensar nas formas de rediscutir a forma de fazer comunicação para a sociedade. É uma coisa que nós como Igreja estamos aprendendo. Com a sociedade cada vez mais avançando com os meios: Twitter, facebook, Orkut, entre outros, nós estamos engatinhando e ao mesmo tempo aprendendo a nos inserir nas discussões com as novas mídias sociais o que está significando um grande avanço para o trabalho de comunicação com nossas dioceses e também nas nossas paróquias. Por isso, a expectativa é que será um belo evento, que nos trará uma boa formação. Discutir a temática Cultura Solidária é uma das chaves certeiras para o êxito desse Mutirão.

Siga-nos no Twitter: http://www.twitter.com/CNBBNacional e veja as fotos do Muticom no Flickr

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This