Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil realiza sua segunda reunião de 2012

Entre os dias 30 de julho e 1º de agosto, o Conselho Nacional de Igrejas do Brasil (CONIC) realiza sua segunda reunião ordinária, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O presidente do CONIC e bispo da diocese de Chapecó (SC), dom Manoel João Francisco está à frente dos trabalhos. Na pauta, assuntos como a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, os 30 anos do CONIC, a Assembleia Geral do CONIC, dentre outros.

O CONIC é uma associação de Igrejas cristãs que visa fortalecer o ecumenismo e o diálogo, e promover a justiça e a paz. Cinco igrejas fazem parte dessa organização, são elas: Igreja Católica Romana; Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil; Igreja Episcopal Anglicana do Brasil; Igreja Presbiteriana Unida; Igreja Sirian Ortodoxa Antioquina.

Na segunda reunião ordinária do CONIC, estiveram presentes todos os representantes das igrejas-membro da organização. Os diretores trataram de questões internas, como tesouraria, e a contratação de uma nova secretária executiva. Outro assunto discutido foi a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, organizada pelo CONIC e que teve a participação de todas as paróquias das cinco igrejas que fazem parte da organização. “Foi uma semana bem articulada e movimentada. Montamos um blog para divulgar as ações do evento e tivemos a participação envolvente em todo Brasil”, disse dom Manoel.

A reunião também tratou da preparação dos 30 anos do CONIC. Na ocasião, além de uma celebração, será expedido um texto sobre ‘Intolerância Religiosa’ que será repassado para todos os regionais do Brasil. “Nossa comissão teológica está preparando um texto para estudo nos regionais. Lá eles darão sua contribuição na elaboração do texto oficial”, explicou o presidente do CONIC.

Sobre o tema ‘Intolerância Religiosa’, dom Manoel lembrou que “no oriente os cristãos estão sendo mortos, e estão ocorrendo muitas mortes em torno da questão religiosa. E no Brasil, as vítimas mais evidentes dessa intolerância são os fiéis das religiões afro-brasileiras”, exemplificou.

O CONIC é uma associação atuante em questões sociais. Teve participação em diversos movimentos como a aprovação da ‘Lei da Ficha Limpa’, o ‘Brasil Nunca Mais’, a ‘Comissão da Verdade’, dentre outros. Outro êxito da organização é o reconhecimento mútuo da validade do batismo em todas as igrejas-membro. “O estudo e a proposta foi feita pelo CONIC. Os presidentes, de cada igreja, assinaram e oficializaram o documento”, recordou dom Manoel.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This