CPT envia à ministra Maria do Rosário relatório com novas ameaças de morte

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) enviou ontem, 7, à ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário, um relatório contendo novas ameaças de morte contra pessoas ligadas aos direitos humanos no Brasil. Além do ofício com as denúncias, a CPT enviou também o histórico de cada ameaça.

Estas ameaças foram feitas nos estados do Tocantins, município de Palmeirante; Amazonas, município de Lábrea, Gedeão; Mato Grosso, município de Serra Nova Dourada; Pará, município de Bordolândia; Maranhão, município de São Vicente Ferrer, comunidade quilombola do Charco; vários casos em Rondônia; e no Acre, no município de Boca do Acre.

“Conforme o acordado na Audiência do dia 31 de maio, a Comissão Pastoral  da Terra faz chegar às suas mãos as denúncias de novas ameaças a trabalhadores e trabalhadoras do campo que chegaram ao nosso conhecimento nos últimos dias”, destaca o ofício enviado pela CPT à Ministra.

Além dos casos do ofício, dois casos no Pará chegaram ao conhecimento da CPT no momento que enviariam o documento à Ministra. Em um deles, a ameaça foi feita através de um telefonema para a CPT Marabá, onde diziam que o trabalhador conhecido como Pernambuco, líder do acampamento Iraque, “iria virar carvão”.

Acompanhe com mais detalhes os casos enviados à ministra Maria do Rosário no site da CPT, no endereço www.cptnacional.org.br.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This