Destaques 2018: Consep da CNBB se reúne 6 vezes em 2018

O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em suas seis reuniões ao longo do 2018 produziu uma série de encaminhamentos que buscam orientar os trabalhos pastorais da Igreja no Brasil. Segundo o estatuto da entidade, cabe ao Conselho, constituído pela presidência da CNBB e os bispos que presidem as comissões episcopais pastorais, promover a pastoral orgânica da Igreja, em âmbito nacional e também operar como um órgão executivo das decisões pastorais da Assembleia Geral e do Conselho Permanente.

Em sua primeira reunião, realizada de 19 a 20 de fevereiro, um dos assuntos tratados foram: A Campanha da Fraternidade 2019 e o Dia do Pobre. Instituído em 2017 pelo Papa Francisco na conclusão do Ano Santo extraordinário da Misericórdia , o Dia Mundial dos Pobres tem sua celebração marcada para o XXXIII Domingo do Tempo Comum. No Brasil, a animação e coordenação das atividades foi delegada à Cáritas Brasileira, um dos organismos Da CNBB, por sua experiência na realização da Semana da Solidariedade.

A segunda reunião do Consep foi realizada durante a 56ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP). Na terceira reunião, realizada de 22 a 23 de maio, os bispos Consep fizeram as últimas considerações sobre o texto base da Campanha da Fraternidade (CF) de 2019, sobre Políticas Públicas. As comissões e organismos da CNBB fizeram suas comunicações. Também foram escolhidos o cartaz e a música para a campanha citada.

Um debate sobre o aborto também foi tema discutido nesta reunião. Os bispos ouviram um breve relato de argumentos relacionados ao tema do combate ao aborto apresentados pelo procurador José Paulo Leão Veloso Silva, da Procuradoria Geral do Estado de Sergipe (SE). Junto dele, estavam representantes da Comunidade Jesus Menino, de Petrópolis (RJ), uma das entidades apoiada pelo Fundo de Solidariedade da CNBB.

Outro tema que também ocupou a atenção dos bispos foi o da “corrupção”. O economista Bruno Brandão, diretor executivo da Transparência Internacional no Brasil, falou aos bispos sobre os trabalhos da entidade e sobre o fenômeno da corrupção no mundo inteiro. Na exposição feita, ele apresentou dados sobre o Brasil e anunciou o lançamento, em São Paulo (SP), de uma campanha em combate à corrupção no país.

Dom Odelir Magri coordenador do Grupo de Trabalho (GT) do Mês Missionário Extraordinário 2019 apresenta proposta ao Consep

A quarta reunião do Consep do ano aconteceu em agosto, dias 21 e 22 de agosto. Nesta reunião os bispos finalizaram o texto-base da Campanha da Fraternidade 2019 e escolheram o do tema da edição de 2020. De acordo com o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, chegaram 11 sugestões de temas e os bispos também poderão propor temáticas.

Os membros se reuniram, em Brasília-DF, de 18 e 19 de setembro, para a sua quinta reunião, com o objetivo de, entre outros temas, escolher o hino e definir as diretrizes gerais para a elaboração do Texto-Base da Campanha da Fraternidade de 2020 que vai tratar “Fraternidade e vida: dom e compromisso”.

Nos próximos dias 23 e 24 de outubro aconteceu a sexta e última reunião do ano do Consep. Os bispos aprofundaram a análise da conjuntura brasileira, a Campanha da Fraternidade 2020, cujo tema é Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso; Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja 2019-2023; e o Sínodo dos Bispos, entre outros.

Share This