Diocese de Criciúma envia voluntárias em missão

O Projeto Missionários Leigos existe desde 2004 e tem por objetivo atender as regiões pobres dos 21 países onde a Pastoral da Criança está presente, entre eles o Brasil. A partir do dia 15 de janeiro, a diocese de Viana, no Maranhão, receberá missionárias que permanecerão durante 11 meses em missão. Elas estão sendo enviadas pela diocese de Criciúma (SC). As comunidades da paróquia São Raimundo, localizada na periferia da capital, e Santa Inês, na paróquia São Cristóvão, participam do Projeto Missionário.


De acordo com o bispo de Criciúma, dom Jacinto Inacio Flach, a Pastoral da Criança tem colaborado de forma eficaz na proteção, acompanhamento e cuidado com a vida. “Nesse momento todo especial, precisamos de muita oração pelas missionárias, para que não desanimem e façam o Reino de Deus acontecer. Onde nós promovemos a vida, Deus está no meio e abençoa”

A missionária Ana Milanez explica que o projeto tem foco na atenção a gestantes e crianças de até dois anos. “Dentro desse contexto, vamos identificar as pessoas que têm perfil de liderança e capacitá-las para que atuem em suas comunidades”, comenta.

Ações pela vida

Os primeiros trinta dias da missão são dedicados à ambientação, conhecimento da realidade local e escolha da metodologia de trabalho. Nesse período, em conjunto com as instituições do município, é realizado um mapeamento do número de gestantes e crianças.

Para a coordenadora diocesana da Pastoral da Criança, irmã Marinês Rech, a decisão das missionárias em assumir o projeto é uma alegria para toda a diocese. “Temos a grande missão de formar lideranças, que sintam alegria em poder aproximar mais as pessoas, ser mais da comunidade”, explica.

Em agosto de 2013, as líderes participaram de um treinamento na cidade de Bacabal (MA), com outros 16 missionários. O projeto foi implantado em mais de 70 municípios brasileiros, com atuação de 250 missionários voluntários.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This