Em Assembleia, diocese de Marabá discute missão

Mais de 150 participantes entre padres, religiosas, lideranças, coordenadores de pastorais e de movimentos reuniram-se na Assembleia do Povo de Deus, de 5 a 7 de dezembro, em Marabá (PA).

Duas prioridades foram apontadas, sendo a formação integral e permanente dos agentes de pastoral e a missionariedade. A formação inclui agentes, ministros ordenados, religiosos e fiéis leigos. Durante a Assembleia, houve a aprovação do Estatuto de Pastoral da diocese de Marabá, definição das prioridades diocesanas para os próximos cinco anos e eleição da nova coordenação diocesana de pastoral, que conta agora com representantes das áreas de pastoral.

Acolhimento

O bispo diocesano de Marabá, dom Vital Corbellini, destaca as iniciativas de formação e missão que vêm acontecendo na Igreja local. “A missionariedade está ocorrendo em muitos lugares, com apoio das Santas Missões Populares, Semanas Missionárias organizadas pela Renovação Carismática, Pastoral da Juventude, Ministério Jovem, Pastoral da Criança, CEBs, ou ainda promovida por outros movimentos e comunidades novas de vida”.

Ainda, de acordo com dom Vital, a diocese de Marabá está em estado permanente de missão, no acolhimento às famílias que chegam à região em busca de uma vida melhor. “Estamos felizes pela ação missionária realizada pelas pastorais e movimentos que fazem visitas aos bairros mais carentes, famílias, benção de casas, visita aos doentes, pobres. É claro que a missão faz parte do ser discípulo e missionário em Cristo Jesus”, disse dom Vital.

A Assembleia reuniu diferentes pastorais, movimentos e comunidades, possibilitando a diversidade dos carismas e das estruturas diocesanas. Para o bispo, todos esses trabalhos devem priorizar a evangelização. “Somos chamados a servir o povo de Deus para que a palavra de Cristo seja sempre mais proclamada no povo a nós confiado e assim todos vivam o sentido comunitário da sua fé, com práticas de caridade, e o Reino de Deus cresça com a nossa participação”.

Com informações e foto da diocese de Marabá. 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This