Dom Francisco Biasin toma posse da diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda

Cerca de 20 mil pessoas acolheram neste domingo, 28, o novo bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda, dom Francisco Biasin. Participaram ainda 20 bispos, centenas de padres, religiosos, autoridades municipais, estaduais e federais.

O bispo emérito, dom João Maria Messi, apresentou dom Francisco à assembleia destacando a necessidade e importância do pastor conforme Jesus, o mestre, que dá a vida por suas ovelhas.

O arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, cumprimentou dom João e acolheu dom Francisco, lembrando da comunhão episcopal. O núncio apostólico no Brasil, dom Lourenzo Baldisseri, ressaltou as qualidades de dom Francisco, seu pastoreio e experiência acumulada na diocese de Pesqueira (PE) e a nova missão confiada na nova diocese.

Posse_de_Dom_Francisco_035O báculo episcopal foi passado a dom Francisco, por dom Orani.  Na homilia, dom Francisco agradeceu ao Senhor pelo chamado e os desafios do futuro. “Obrigado ao povo de Pesqueira (PE) que não quis chamar de despedida minha transferência para Volta Redonda, mas de Envio. Espero poder contar com todos para continuar a missão do Pai”, disse ressaltando e lembrando com emoção a trajetória de dom Waldyr Calheiros, na época da Ditadura Militar.

Para dom João Maria Messi, a chegada do novo bispo representa uma revitalização natural da Igreja. “Nós fazemos parte como bispos, fiéis e povo de Deus de uma Igreja que se revitaliza constantemente nas suas estruturas e pessoas, e o fato do bispo ter que deixar espaço para outro bispo é algo normal, porque realmente existe a continuidade visível do ministério do bispo e da hierarquia, que deve sempre se renovar, embora até sentimos a mudança, mas faz parte da revitalização! Agradeço ao Senhor por dar-me oportunidade de servi-lo nesta diocese, vou continuar servindo de uma outra maneira na fidelidade”, declarou.

De acordo com dom Orani a sucessão é uma visão importante da Igreja que só traz benefícios. Ele valorizou a chegada do novo bispo, bem como sua experiência anterior de Pesqueira (PE) que será muito rica para a nova missão em Volta Redonda. “É sempre um momento de fé e esperança, de poder ver a sucessão apostólica naturalmente respaldada pelo trabalho que dom João fez até hoje e agora dom Francisco vem continuar. Essa apostolocidade nos garante a continuidade, e isto é o lado belíssimo da Igreja Católica, o de poder suceder. Dom Francisco chega com a experiência do Nordeste e que certamente vai ajudar avançar o Regional Leste 1, na importante tarefa de evangelizar”.

Também cumprimentou dom Francisco, o bispo emérito de Barra do Piraí-Volta Redonda, dom Waldyr Calheiros. “Já conheço dom Francisco e trabalhamos juntos por 10 anos, ele é uma benção e sua transferência para Volta Redonda confirma e coroa a missão. Acredito que é um homem bem indicado para a Igreja da qual é confiada”, disse o bispo.

“Sinto-me feliz pela recepção calorosa e se o começo da caminhada for assim, percebo que será uma trajetória bonita cheia de alegrias, enfrentando as dificuldades do dia-a-dia em conjunto com todos os padres, leigos e leigas”, declarou dom Francisco.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This