Dom José Haring, emérito de Limoeiro do Norte (CE), e a luta dos pescadores artesanais

Dom José Haring, bispo emérito de Limoeiro do Norte (CE), tem acompanhado os trabalhos desenvolvidos pelo Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP) há vários anos.

Conselho Pastoral dos Pescadores

Segundo informações do blog do CPP, o Conselho Pastoral dos Pescadores é uma Pastoral Sociais ligada a Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade Solidária, Justiça e Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. O CPP é composto por agentes pastorais, leigos, religiosos e padres comprometidos com o Serviço junto aos pescadores e pescadoras artesanais na construção de uma sociedade justa e solidária.

O trabalho pastoral com pescadores foi iniciado em 1968, nas praias de Olinda (PE), pelo Frei Alfredo Schnuettgen, OFM. Mais tarde o trabalho se espalhou para Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Em 1976 com apoio de Dom Helder Câmara, a Pastoral dos Pescadores foi reconhecida a nível nacional pela CNBB, tendo como coordenador e animador o próprio Frei Alfredo. Assim, a Pastoral dos Pescadores se expandiu para outros estados do Nordeste e outras regiões do país. Em 1988 o CPP tornou-se uma instituição com personalidade jurídica.
O órgão máximo é a Assembléia Geral, que se reúne ordinariamente a cada três anos. Outro espaço de decisão e encaminhamentos é o Conselho Nacional, que se reúne três vezes por ano e é composto pela diretoria, secretaria executiva e pelos representantes dos regionais do CPP: Norte (Pará/Amapá), Ceará, Bahia /Sergipe e Nordeste (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas). O atual presidente nacional do CPP é D. José Haring, bispo diocesano de Limoeiro do Norte (CE).

Missão
Anunciar aos pescadores e as pescadoras a força libertadora do evangelho revelado aos pobres e através dele promover a transformação das estruturas geradoras de injustiça, tornando-os agentes de sua história e construtores de uma nova sociedade.

Objetivos

I- Ser presença de gratuidade evangélica no meio dos pescadores e das pescadoras, cultivando assim as sementes do Reino que existe no meio deles e delas;
II- Movido pela força libertadora do Evangelho, colaborar com os pescadores e as pescadoras nos justos anseios de suas vidas, respeitando sua cultura, estimulando suas organizações, tendo em vista a libertação integral e a construção de uma nova sociedade;
III- Animar, formar e articular fraternalmente as pessoas que trabalham a serviço dos pescadores e das pescadoras nesta Pastoral;
IV- Lutar por todos os meios necessários para defesa e preservação do meio ambiente;

Mensagem de Dom Jose Haring

“A espiritualidade do CPP tem suas raízes na vida de Jesus. Os Evangelhos nos contam que Jesus andava de olhos abertos pela sua terra, deixava-se tocar pela fome das multidões,  pela doença de homens e mulheres, pela exclusão dos leprosos. Os agentes do CPP aprenderam com Jesus, deixam tocar-se pela situação difícil dos pescadores nas lagoas, rios e mares do Norte e Nordeste do Brasil, se reúnem com eles para compreender sua situação e juntos procuram saídas das necessidades. A história do CPP conta como os pescadores se tornaram pessoas orgulhosas e felizes por serem profissionais da pesca”.

Foto

http://www.cppnac.org.br

 

Share This