Encontro de Diretores e Formadores de Escolas Diaconais debate os desafios da evangelização

Cerca de 80 participantes entre diáconos e esposas, bispos, presbíteros e religiosas estiveram reunidos na Casa de Retiro “Monte Alverne”, em São Leopoldo (RS), para o XIII Encontro Nacional de Diretores e Formadores de Escolas Diaconais da Comissão Nacional dos Diáconos (CNB), que teve como tema “Diáconos e os desafios da Nova Evangelização” e lema “Vóis sois a luz do mundo” (Mt 5,14).

O encontro teve início no dia 02 de setembro, com celebração presidida pelo arcebispo de Porto Velho (RO) e bispo referencial da CND, dom Esmeraldo Barreto de Farias, que falou sobre a prática diaconal.

O arcebispo de Porto Alegre (RS), dom Jaime Spengler, também esteve presente no evento. Na oportunidade, abordou a formação diaconal à luz da encíclica “A Alegria do Evangelho” do papa Francisco. A preocupação maior não deve estar somente com a formação inicial, mas com uma formação permanente”, disse o arcebispo aos participantes.

Por sua vez, o bispo da diocese de Rio Grande (RS), dom José Mário Stroeher, tratou da restauração do diaconado permanente durante o Concílio Vaticano II.

Além de palestras, houve durante o encontro partilha de experiências das escolas diaconais. Foram apontados como desafios o comportamento ético, com testemunho na família, na Igreja e na sociedade.

O tema do encontro foi assessorado pelo coordenador da Equipe Nacional de Assessoria Pedagógica (Enap) da CND, diácono José Gomes Batista. Para ele, “há diferentes cenários sociais e culturais que influenciam a vida na família e a nova evangelização propõe entender o outro”.

O encontro foi coordenado pelo presidente da CNB, diácono Zeno Konzen. O evento contou com a presença do assessor da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, padre Deusmar Jesus da Silva; e da assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, irmã Dirce Gomes.

Ao final do encontro, os participantes aprovaram um documento final que será entregue ao presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, dom Pedro Brito Guimarães.

Com informações da CND 

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This