Encontro sugere protagonismo dos surdos na caminhada da Igreja

A diocese de Joinville (SC) recebeu entre os dias 16 e 20 de janeiro o 18º Encontro Nacional da Pastoral dos Surdos (Enapas) e o 8º Encontro de Intérpretes Católicos (Encicat). Mais de 120 participantes dos 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estiveram presentes no evento.

Os dois encontros acontecem sempre num intervalo de dois anos e são uma forma de incentivar a caminhada das Pastorais, com palestras, reuniões de grupo, atividades, leitura da Palavra e demais atividades que complementam essa ação de evangelização.

O bispo de Apucarana (PR), dom Celso Antônio Marchiori, acompanha a Pastoral dos Surdos desde 2011 e ressalta a importância do movimento: “A Igreja tem que estar atenta para acolher e atender todas as pessoas de diversas condições e a Pastoral dos Surdos serve para atender esses irmãos que estão por aí escondidos, esquecidos e que muitas vezes são marginalizados pela sociedade”. O bispo aproveitou para pedir que todos persistam na missão e trabalhem para que as minorias se sintam inseridas na Igreja, nos movimentos e na sociedade.

Share This