Equipe avança na redação dos fundamentos do Programa Missionário Nacional

Uma equipe, coordenada por dom Esmeraldo Barreto, bispo auxiliar de São Luís (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), se encontrou dias 8 e 10/2, com a finalidade de avançar na formulação de um texto com os fundamentos da missão a partir do magistério da Igreja que vai integrar o Programa Missionário Nacional (PMN).

O objetivo do programa, segundo dom Esmeraldo Barreto, é acolher e aprofundar a missão que brota do coração da Santíssima Trindade como identidade da Igreja peregrina e que, por sua natureza é missionária (AG 2). “Diante da busca de sentido para a vida, traduzida em sede de Deus, desejamos contribuir na formação da identidade pessoal e comunitária do discípulo missionário de Jesus Cristo”, reforça o bispo.

A comissão preparatória do texto informou que um desafio nuclear e original de ordem espiritual tem instigado a redação do programa: como contribuir para que, na missão, não falte a paixão por Jesus Cristo e pelo seu povo? A equipe tem se debruçado sobre este desafio desde agosto de 2017, em vista da elaboração do programa missionário nacional (PMN).

Dom Esmeraldo ressalta que o objetivo desse processo de construção é colaborar para que a missão seja, de fato, o eixo norteador das prioridades que serão definidas nesse programa, bem como das demais atividades da ação evangelizadora da Igreja no Brasil.

A Comissão informa que a proposta já foi refletida com os coordenadores dos Conselhos Missionários Regionais (COMIREs), presentes no 4º Congresso Missionário Nacional em Recife (PE), em setembro de 2017. A proposta também foi apresentada na assembleia do COMINA de 2018 que a estudou e decidiu aprofundar sua elaboração.

Em 2018, foram realizadas assembleias nos 18 regionais da CNBB. “Pudemos considerar os principais desafios para a evangelização missionária no Brasil e sugestões de prioridades para o PMN”, avalia o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária da CNBB. Em novembro de 2018, foi realizado um encontro com pessoas de vários regionais para aprofundar os fundamentos antropológicos, bíblicos, eclesiológicos, teológicos e missiológicos que partem do encontro com Jesus Cristo, alimentam, motivam e sustentam o ser e viver missionário.

A equipe de sistematização do PMN enviou às coordenações dos COMIREs um texto referente à fundamentação sobre a missão a ser estudado e meditado tendo em vista a realização da próxima Assembleia do COMINA, de 4 a 7 de abril. “Esperamos contar com sugestões para o aprimoramento do texto a ser aprovado neste momento nacional”, conclui dom Esmeraldo.

Integram também a equipe de elaboração do PMN, os padres Maurício Jardim, diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM) e Jaime Gusberti, diretor do Centro Cultural Missionário (CCM) e o diácono permanente Sérgio Douet.

Foto:  20ª Assembleia do Comire, realizada em Carpina (PE), de 20 a 22 de abril de 2018.

Share This