Faleceu dom Ricardo, arcebispo emérito de Pouso Alegre (MG)

Na manhã deste domingo, 1 de abril, a arquidiocese de Pouso Alegre (MG) comunicou o falecimento de dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, arcebispo emérito. Leia a mensagem:

É com pesar que a Arquidiocese de Pouso Alegre comunica o falecimento de seu Arcebispo Emérito, Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho – Opraem, ocorrido neste neste domingo (01), dia em que celebramos a Páscoa do Senhor. Ele faleceu no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, onde estava internado desde o dia 09 de março. Ele completaria 80 anos de idade em agosto deste ano. 

Ele foi internado no dia 16 de fevereiro para retirada de um coágulo no cérebro e chegou a ter alta médica no início de março, iniciando sua recuperação no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora Auxiliadora. Mas por indicação médica, voltou ao hospital. 

O corpo de Dom Ricardo Pedro será velado neste domingo no Santuário Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, em Monte Siao. Amanhã, segunda feira (02), seu corpo chega à Catedral Metropolitana às 9h, quando será celebrada a Santa Missa. Seu sepultamento será na terça-feira (03), após a missa das 14h, na Crípta da Catedral. Serão vários horários de missa: dia 02: 9h; 12h; 15h; 17h; 19h; 21h30 ; 23h30; dia 03: 7h; 9h; 12h;14h.

Biografia

Dom Ricardo nasceu em Capelinha (MG) no dia 6 de agosto de 1938. Era filho do casal Pedro Chaves Pinto e Paula Amélia Dias. Cursou os dois primeiros anos em escola rural, na fazenda de seu pai, concluindo o primário na cidade de Caetanópolis (MG).

Foi ordenado padre no dia 29 de junho de 1967. Em 1983, licenciou-se em Teologia Moral na Academia Alfonsiana, em Roma. O então padre Ricardo foi designado Bispo de Leopoldina, pelo Papa joão Paulo II, em 14 de março de 1990. No dia 21 de abril do mesmo ano foi ordenado bispo em Contagem.

Dom Ricardo foi nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre no dia 16 de Outubro de 1996, tendo tomado posse no dia 3 de dezembro do mesmo ano. Como Arcebispo Emérito residia no município de Monte Sião.

Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB, enviou mensagem de condolências a dom José Luiz Majella Delgado, arcebispo de Pouso Alegre.

Leia a Mensagem:

Nota de Condolências da CNBB pelo falecimento de dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho

 

Brasília, 01 de abril de 2018

 

Caro Irmão, dom José Luiz Majella Delgado.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu com pesar a notícia do falecimento de dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, arcebispo de Pouso Alegre (MG), ocorrido na madrugada deste domingo, 01 de abril.

Manifestamos a nossa solidariedade fraterna aos familiares, aos Cônegos Premonstratenses e às comunidades da Arquidiocese com os nossos cumprimentos nesta hora em que todos celebram a Páscoa desse nosso Irmão.

Recorremos às palavras do Papa Francisco, proferidas no início da homilia do dia de Finados do ano passado: “Hoje, todos nós estamos aqui reunidos em esperança. Cada um de nós, no próprio coração, pode repetir as palavras de Jó […]: ‘Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra’. A esperança de reencontrar Deus, de nos reencontarmos todos, como irmãos: e esta esperança não desilude”.

Na despedida desse nosso Irmão, vamos vale a pena recordar a beleza e a profundidade do seu lema episcopal: “Caritas christi urget” (“O Amor de Cristo nos impele”). Uma convicção pronunciada pelo Apóstolo Paulo, com a palavra e com a vida. Uma expressão forte de alguém que se reconhece radicado no amor de Cristo que suscita, todos os dias, motivos para realizarmos a missão que o Batismo nos confere.

Enviamos o nosso abraço a todos e as nossas orações.

Em Cristo,

 

Dom Leonardo Ulrich Steiner

Bispo auxiliar de Brasília

Secretário-Geral da CNBB

Share This