9º Congresso da Fraternidade Internacional das Novas Comunidades reúne 2 mil pessoas em Fortaleza

De 3 a 5 de junho, em Fortaleza (CE), aconteceu o Congresso da Fraternidade Internacional das Novas Comunidades, com o tema “Que todos sejam um” (Jo 17,21a). O Congresso reuniu mais de 2 mil participantes, representantdo cerca de 400 comunidades, vindos de todos os estados do Brasil.

O evento foi organizado pela Comunidade Face de Cristo, de Fortaleza, tendo à frente o seu fundador , Aluízio Nóbrega. A missa de abertura foi presidida pelo bispo de Caruaru (PE), dom Bernardino Marchió, e concelebrada pelo bispo de Parnaíba (PI), dom Alfredo Schaffler.

novascomunidadesce1O arcebispo de Belém (PA) e diretor espiritual da Fraternidade Internacional, dom Alberto Taveira Corrêa, destacou a hospitalidade das novas comunidades como uma das características da Igreja e afirmou que elas “têm uma parte importante no processo de evangelização”.

“Nestes dias experimentamos a hospitalidade da Igreja através da Comunidade Face de Cristo. Quando nos encontramos, descobrimos o intercâmbio de dons para educação recíproca, para o crescimento pessoal e das comunidades para anunciar a Boa Nova do Evangelho. As Novas Comunidades têm uma parte importante no processo de evangelização. Tenho confiança no caminho que as Novas Comunidades percorrem”, disse dom Taveira.

Segundo Aloízio Nóbrega, a experiência da unidade precisa ser vivenciada entre as Novas Comunidades e com todas as formas de expressão e organização eclesial. “Uma expressão de comunhão foi a presença da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e também do Movimento da Renovação Carismática Católica (RCC). Que todos sejamos um para anunciar Jesus Cristo e realizar a Evangelização”, destacou.

novascomunidadesce3 Nóbrega disse, ainda, que os objetivos do Congresso foram atingidos. “O Congresso foi um momento para mostrar um pouco do que somos como contribuição para a Igreja”.

O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, Setor Leigos, Geraldo Aguiar, expôs alguns trabalhos desenvolvidos pela Comissão e leu uma mensagem enviada pelo bispo de Aracuaí (MG) e presidente da Comissão para o Laicato, dom Severino Clasen.

Dom Severino Clasen pede que a fraterna comunhão e presença eclesial fortaleçam, cada vez mais, a Igreja. “Deixem se inspirar pela verdade de Cristo e busquem os caminhos sólidos para que as novas experiências sejam uma brilhante luminária na vida de tantos que procuram viver, nessa forma, o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo”, disse dom Clasen.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This