Fórum discute situação dos imigrantes no Brasil

Para compreender o papel das entidades de direito e do poder público com relação aos imigrantes que chegam diariamente à região, começou hoje, 28, em Criciúma (SC), o 1º Fórum das Imigrações do Sul de Santa Catarina. A atividade busca encontrar soluções conjuntas referentes à acolhida, legalização de documentos, obtenção de emprego e cumprimento da legislação brasileira.

Outro interesse do Fórum é compreender os processos da legislação migratória a partir dos tratados internacionais e construir um processo de debates sobre as imigrações no sul de Santa Catarina por meio da criação do Fórum Permanente das imigrações.

As atividades acontecem das 14h às 19h30, no auditório da paróquia São José, em Criciúma, e conta com a “Mesa de Diálogo sobre Imigrações”, que aborda análises sobre o panorama das imigrações no Brasil, as imigrações na região Sul e a legislação desses imigrantes.

As entidades responsáveis pelo evento são: Cáritas Diocesana, diocese de Criciúma, Associação dos Municípios da Região Carbonífera, Assistência Social da prefeitura de Criciúma, Ordem dos Advogados do Brasil, Grupo Corrente por Gana, Movimento Sindical da Região de Criciúma, Conferência dos Religiosos do Brasil, Cruz Vermelha, Grupo Afro, Coordenadoria de Promoção de Igualdade Racial de Criciúma e Anarquistas Contra o Racismo.

Com informações da Cáritas de Criciúma

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This