“Igreja em estado permanente de missão” é tema de curso no CCM

Cerca de 40 presbíteros e seminaristas participaram do curso de Teologia e Espiritualidade Missionária, no Centro Cultural Missionário (CCM) em Brasília, desde o dia 1º de julho e até sábado, 7. A proposta de reflexão para os participantes aborda a teologia e a espiritualidade missionária, a partir de questões fundamentais que fortaleçam a consciência missionária, inculturada e com horizonte universal.

A iniciativa do curso é do CCM em parceria com as Pontifícias Obras Missionárias (POM. Nesta terça-feira, 3, os participantes estudaram os “Contextos e desafios para uma Igreja em estado permanente de Missão”, com assessoria de Roberto Marinucci, professor do Instituto São Boaventura de Brasília. Ele deu destaque à necessidade de atualização dos seminaristas e sacerdotes quanto à forte mudança de época por que passa o mundo. As estratégias, segundo ele, são os melhores caminhos a serem pensados para que o trabalho missionário dê certo.

fernandopauloseminaristaPara o seminarista Fernando Paulo, do seminário Arquidiocesano de Mariana (MG), a formação será importante para impulsionar o trabalho no Conselho Missionário dos Seminaristas (Comise) de sua arquidiocese. “A dimensão missionária me chama e me encanta, mas ela também me dá medo por causa de algumas situações, como exemplo, o sentimento de impotência diante de algumas realidades. Essa formação está me ajudando a entender de maneira concreta os passos que devo dá”, sublinhou.

O padre Onac Oxenat é missionário haitiano. Está no Brasil há um ano e seis meses, e atua em Rio Branco (AC). Para ele, o curso está sendo um momento de ajuda e amadurecimento. “É um momento de descoberta de diversos elementos da missão, sobretudo, a partir do Documento de Aparecida que nos ensina que precisamos aprofundar esse aspecto essencial da Igreja”.padreonachaiti
Programação

Nesta quarta-feira, 4, os participantes tiveram o estudo do tema “Caminhos e caminhantes para uma Igreja em estado permanente de missão”, com assessoria do padre Elias Wolff, assessor da Comissão Episcopal para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso da CNBB. Na quinta-feira, 5, o assessor da Comissão Episcopal para o Laicato da CNBB (Setor CEBs), professor Sérgio Coutinho, vai tratar do tema “Memórias e compromissos para uma Igreja em estado permanente de missão”.

Na sexta-feira, 6, será a vez do secretário da Pontifícia União Missionária, padre Sávio Corinaldesi, tratar das “Exigências e condições para uma Igreja em estado permanente de missão” e dos elementos e fundamentos para uma espiritualidade missionária sem fronteiras. No sábado acontece o encerramento do curso com síntese, conclusões, compromisso e envio.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This