Encontro da Comissão de Liturgia evidencia processo de formação litúrgica no Brasil

Três setores estiveram presentes na reunião que também recebeu entidades promotoras da vida e da formação litúrgica

A Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reuniu, em São Paulo (SP), na casa de encontros Sagrada Família, entre os dias 17 e 19 de fevereiro, os Setores de Arte Sacra e Espaço Litúrgico, de Música e Canto Pastoral e de Pastoral Litúrgica. Foram recebidos no evento os membros das Equipes de Reflexão dos respectivos setores e entidades promotoras da vida e da formação litúrgica.

O encontro, de acordo com a Comissão, evidenciou para todos a existência, no Brasil, de um processo de formação litúrgica, que teve sua origem nos primórdios da renovação litúrgica com a promulgação da constituição conciliar Sacrosanctum Concilium sobre a sagrada liturgia e a realização do Instituto Superior de Pastoral Litúrgica (Ispal). 

Durante o encontro, houve partilha por parte das entidades e escolas convidadas, reflexão e conclusões, em vista da ação conjunta dos Setores da Comissão de Liturgia da CNBB e das próprias entidades e escolas de formação litúrgica. “A rica partilha das Entidades e dos Cursos ressaltou a necessidade da continuidade da formação litúrgica em perspectiva mistagógica, com particular atenção à realidade antropológica, eclesiológica e pastoral”, explica o assessor da Comissão para a Liturgia, frei Faustino Paludo. 

Coordenou a reunião o bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA) e presidente da Comissão Episcopal para a Liturgia, dom Armando Bucciol, acompanhado pelos outros membros do grupo: os bispos de Paranaguá (PR), dom Edmar Peron, e de Paranavaí (PR), dom Dom Geremias Steinmetz.

“Os desafios que emergiram da partilha e a reflexão litúrgico-pastoral enfatizaram a urgência do trabalho articulado entre os Setores e as Entidades promotoras da vida e formação litúrgica”, destaca frei Faustino. Os Cursos e Escolas de formação litúrgica agendaram um novo encontro para a data de 28 de abril a 1º de maio do próximo ano, em Crato (CE).   

Entidades e escolas

As entidades promotoras da vida e da formação litúrgica presentes no encontro promovido pela Comissão para a Liturgia da CNBB são as seguintes: Associação dos Professores de Liturgia do Brasil (Asli), o Centro de Liturgia Dom Clemente Isnard, a Revista de Liturgia, a Rede Celebra e o Curso Ecumênico de Música Litúrgica (Celmu). São as escolas e cursos de formação litúrgica: a Especialização Litúrgica do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) e de Goiânia, atualização litúrgica do Nordeste (Nordestão de Liturgia) e da Amazônia.   

50 anos de Medellín

Às vésperas dos 50 anos da realização da II Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, em Medellín, na Colômbia, foi marcante no encontro o apelo de se revisitar os enunciados do documento sobre a liturgia publicado na ocasião, em 1968, bem como o texto que surgiu do Encontro das Comissões de Liturgia dos países da América Latina, realizado no ano de 1972.