Jornalistas discutem critérios para a elaboração do Manual de Redação e Estilo

A tarde do segundo dia do VI Encontro dos Jornalistas (09/06), foi dedicada aos primeiros passos para a construção do Manual de Redação e Estilo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A partir de suas experiências na comunicação, os participantes de todo o Brasil apontaram sugestões e critérios para produção de texto em jornal, rádio, TV, internet, e outros. O debate foi mediado pelo assessor de política da CNBB, padre Geraldo Martins com a contribuição da jornalista e editora de opinião do Jornal Correio Braziliense, Dad Squarisi.

A primeira ideia da construção do manual surgiu quando o padre Geraldo Martins era assessor de imprensa da CNBB. Por esse motivo, o atual assessor, padre Rafael Viera o convidou para mediar o diálogo com os comunicadores, presentes no evento, sobre os quais critérios adotar na elaboração do material.

Padre Geraldo afirmou que as regras contidas no manual não serão “impositivas”, mas que servirão para auxiliar dioceses/arquidioceses, e veículos de comunicação – de inspiração católica e leigos –, na difusão de notícias da Igreja. “O manual será uma grande contribuição à Igreja do Brasil”, acredita.

A jornalista Dad Squarisi apontou que uma característica que o manual deve conter é que, este, deve atender à “convergência de mídias”, mas que o grande desafio é “definir a estrutura que o manual deve ter. “A grande questão é: para quem é material?”, questionou Dad.

A partir das premissas delimitadas pelos jornalistas, os jornalistas fizeram uso da palavra para contribuir com sua experiência vivenciada na respectiva diocese/arquidiocese/regional. Todas as sugestões foram anotadas pela assessoria de imprensa da CNBB.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This