Mês das vocações é celebrado em Criciúma

A Diocese de Criciúma (SC), em comunhão com toda a Igreja no mundo, celebra em agosto o mês dedicado às vocações. No primeiro domingo do mês, dia 05, a Igreja convidou a rezar e refletir durante toda a semana sobre a “vocação para os ministérios ordenados”, que são os bispos, padres, diáconos e seminaristas.

Já no segundo domingo do mês, 12, também dedicado aos pais, os católicos celebram a “vocação para a vida em família”, em consonância com a Semana Nacional da Família, promovida até o dia 18, em todo o Brasil, pela CNBB.

No terceiro domingo, 19, a Igreja celebra a “vocação para a vida consagrada”, voltando as orações para religiosos e religiosas, leigos e leigas consagrados.

O quarto domingo, que cai no dia 26 de agosto, é dedicado à “vocação dos fiéis leigos e leigas”, que são todos os cristãos batizados não ordenados.

Tema do mês vocacional

MV2O tema proposto pela Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB neste ano é “Chamados à vida plena em Cristo” e o lema, “Eis que faço novas todas as coisas” (Ap 21,5). “O apelo é de que todos somos chamados a viver esta plenitude em Cristo, seja em nossa família, trabalho, movimento ou pastoral, em nossa comunidade religiosa ou na vida sacerdotal”, destaca o coordenador diocesano da Pastoral Vocacional, José Luiz Machado.

Caminhada diocesana encerrará mês vocacional

A tradicional Caminhada Vocacional que atrai mais de 2 mil fiéis em toda a diocese, será realizada no dia 26 de agosto, com a presença de todas as paróquias. A saída será da rótula de acesso ao bairro Rio Maina, em Criciúma, às 08h30, rumo ao Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, em Nova Veneza.

MV3Após a Caminhada e a Missa, haverá almoço seguido por um evangeliza-show e amostra vocacional das casas religiosas e seminários presentes na Diocese. “Vamos fazer de uma maneira muito especial, com muita fé e esperança nos corações, rumo ao Santuário, onde a Mãe de Deus vai derramar bençãos e graças para que nossa diocese possa continuar este trabalho bonito que está fazendo”, enfatiza o bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This