Morre o arcebispo emérito de Goiânia (GO)

Dom Antonio Ribeiro de Oliveira ia completar 91 anos no próximo mês de junho

Faleceu na tarde desta terça-feira, 28 de fevereiro, o arcebispo emérito de Goiânia (GO), dom Antonio Ribeiro de Oliveira. Segundo informações da imprensa local, dom Antônio faleceu enquanto estava na casa de parentes, no Setor Goiânia 2, na capital de Goiás. O Corpo de Bombeiros foi chamado para o local, mas o arcebispo não resistiu. Ainda não há informações sobre as causas da morte.

Os funerais: As celebrações serão realizadas, de hora em hora, nesta Quarta-feira de Cinzas, por ocasião do início da Quaresma. Dom Washington Cruz, arcebispo de Goiânia, preside missa às 19h desta quarta-feira, por ocasião do lançamento da Campanha da Fraternidade. A missa de corpo presente, às 9h de quinta-feira, também será presidida pelo arcebispo. Logo após haverá uma procissão e os restos mortais serão sepultados aos pés de Nossa Senhora Auxiliadora, na cripta da Catedral.

Dom Antônio, nos anos de 1970, foi membro da Comissão representativa da CNBB; membro Comissão Episcopal para Traduções de Textos Litúrgicos; membro do Conselho Fiscal da CNBB por dois mandatos; presidente do Regional Centro-Oeste da CNBB, de 1987 a 1991, na época composta pelos Estados de Goiás e Tocantins e pelo Distrito Federal

Histórico, por ordem cronológica

1926 – Nasce, aos 10 de junho, na cidade de Orizona, antiga Campo Formoso, no Estado de Goiás, filho de José Ribeiro de Oliveira e de Dona Luiza Marcelina de Castro

1936 – Ingressa no Seminário Preparatório “ Jesus Adolescente”, em Silvânia, antiga Bonfim

1938 – Matricula-se no Seminário Menor de Mariana – MG

1940 – Tranfere-se para o Seminário Santa Cruz, em Silvânia – GO

1943 – Inicia o curso de Filosofia, no Seminário Central do Ipiranga, em São Paulo – SP

1945 – Começa o curso de Teologia, no Seminário Maior São José, da Arquidiocese de Mariana,

1949 – Ordena-se padre a 2 de abril em Mariana – MG

1950 – Reitor do Seminário Menor de Santa Cruz, Silvânia

1955 – Pároco da sua cidade natal, Orizona

1957 – Pároco da Catedral Metropolitana de Goiânia

1958 – Vigário Geral da Arquidiocese de Goiânia

1961 – Eleito Bispo Auxiliar de Goiânia no dia 25 de agosto. Recebe a Sagração Episcopal na Catedral de Goiânia, no dia 29 de outubro

1965 – Presidente do Conselho Estadual de Educação do Estado de Goiás

1966 – Administrador Diocesano da Diocese de Goiás

1972 – Administrador Diocesano da Diocese de Itumbiara

1975 – Transferido para Diocese de Ipameri, como seu 2º bispo diocesano

1985 – Promovido a Arcebispo de Goiânia, no dia 30 de outubro

1986 – Toma posse na Arquidiocese de Goiânia

1999 – Celebra seu 50º aniversário de Ordenação Sacerdotal

2002 – No dia 8 de maio de 2002 renuncia e se torna Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Goiânia

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This