Morre padre que ajudou a fundar CPT em Minas

Foi sepultado na tarde deste domingo, 2, em Teófilo Otoni (MG), o corpo do padre Domingos Burzios, falecido na tarde de ontem, vítima de problemas renais.  Padre Domingos foi um dos fundadores e coordenador da Comissão Pastoral da Terra (CPT) no estado de Minas Gerais. Ajudou também na criação de escolas agrícolas e do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA).

Padre Domingos era missionário Fidei Donum, da arquidiocese de Turim, na Itália, e chegou ao Brasil em 1974, convidado pelo bispo de Teófilo Otoni, dom Quirino Adolph Schmitz.

“Padre Domingos desempenhou varias funções em Teófilo Otoni durante 36 anos de incansável dedicação”, disse o assessor do Mutirão contra a Fome da CNBB, padre Nelito Dornelas.  “Sua dedicação pastoral prioritária foi à causa dos trabalhadores rurais do Vale do Mucuri. Dedicou toda sua vida à organização e formação das comunidades rurais e de suas lideranças bem como no fortalecimento dos movimentos sociais”, completa.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This