Ordenado novo bispo para a diocese de Patos

No último dia 27 de dezembro, em Barreiras (BA), durante a Festa de São João Evangelista, realizou-se a cerimônia de ordenação episcopal do monsenhor Eraldo Bispo da Silva. O evento aconteceu na Praça São João Batista, diante da Catedral de Barreiras. O monsenhor foi nomeado bispo diocesano de Patos (PB), no dia 7 de novembro.

A cerimônia começou com as boas vindas do bispo diocesano de Barreiras, dom Josafá Menezes da Silva. Dom Josafá registrou a presença do cardeal Geraldo Majella Agnelo, arcebispo emérito de Salvador (BA), dos arcebispos de Feira de Sant’Ana (BA), dom frei Itamar Vian, e de Goiânia (GO), dom Washington Cruz, dos bispos: dom José Geraldo da Cruz, bispo de Juazeiro (BA), vice-presidente do Regional Nordeste 3 da CNBB (Bahia e Sergipe); dom frei Luis Flávio Cappio, bispo de Barra (BA); dom Tommaso Cascianelli, bispo da diocese de Irecê (BA), dom Ricardo Brusati, bispo de Caitite (BA), dom Waldemar Passini Dalbello, bispo auxiliar de Goiânia (GO) e dom Manoel Delson, bispo de Campina Grande (PB).

Dom Josafá acolheu também o administrador diocesano de Patos, padre José Ronaldo, padres, diáconos, seminaristas e os fiéis que vieram de Patos e da Paraíba. Também estiveram presentes padres das dioceses de Barra, Irecê, Bom Jesus da Lapa, Caitité, Goiânia, Salvador, Campina Grande e outros. A cerimônia contou também com a presença do padre Geraldo Lang, até março de 2012, pároco da Paróquia São Sebastião de Barreirinhas, hoje no Mosteiro de Kremsmunster, Áustria, onde estão os restos mortais de dom Ricardo Webergerger, primeiro bispo de Barreiras.

Durante a cerimônia foi lida a Bula Pontifícia, feitas as promessas e declarações do ordenado, rezada a Ladainha de Todos os Santos, a Imposição das Mãos, a Prece de Consagração, a Unção com Óleo do Crisma e depois os ritos explicativos: entrega do anel, do solidéu, da mitra e do báculo. Em seguida dom Eraldo foi acolhido pelos bispos presentes. O rito da missa prosseguiu com Apresentação das Ofertas, Comunhão e depois as palavras finais, onde dom Eraldo Bispo da Silva fez o seu primeiro discurso terminando com os agradecimentos.

Dom Eraldo escolheu como lema episcopal “Apascenta minhas ovelhas” (Jo. 21,17. Consciente do chamado de Cristo por meio da Igreja, dom Eraldo diz que confia na Graça de Deus para assumir a missão a ele confiada. O tradicional rito de prostrar-se, durante a ordenação foi marcado de emoções para os familiares e amigos de dom Eraldo.

“O bispo aparece, assim, no vértice da hierarquia ministerial, diferente nos seus três graus de intensidade do único sacerdócio. A distinção entre esses graus e o sacerdócio dos fiéis toca à essência mesma. A teologia pós-conciliar nada mais fez do que desenvolver a perspectiva do ministério, sobretudo do bispo, como expressão do sacerdócio de Cristo, que vive e intercede por nós na glória do Pai”, completou o cardeal Geraldo Majella.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This