CNBB

Quinta, Jul 30th

Last updateQui, 30 Jul 2015 5pm

Você está aqui: Home Dom Canísio Klaus

Dom Canísio Klaus

Escutando a voz de Deus

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

No mês de agosto, a Igreja Católica no Brasil convida suas comunidades a abrirem espaço para aprofundarem a temática da Vocação. A motivação está na consciência de que precisamos criar condições para que a voz de Deus possa ser escutada.

Leia mais:Escutando a voz de Deus

Valorosos Colonos

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

Em julho, quando muitos colonos começam a preparar a terra para lançar a semente na esperança de colherem abundantes frutos, há um dia reservado especialmente para eles. É o Dia do Colono, comemorado em 25 de julho, quando recordamos os cento e noventa e três anos da chegada dos primeiros imigrantes alemãs para o Rio Grande do Sul.

Leia mais:Valorosos Colonos

Vovô e Vovó!

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

Entre outras datas importantes, o mês de julho nos reserva o Dia dos Avós. A data é comemorada em 26 de julho, quando a Igreja celebra São Joaquim e Santa Ana, os avós maternos de Jesus Cristo.

Leia mais:Vovô e Vovó!

Protegidos por São Cristóvão

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

Nas próximas semanas, muitos motoristas irão se reunir em procissões com o intuito de pedir a São Cristóvão proteção para suas viagens. O que desejamos, é que tudo isto seja feito na consciência da responsabilidade que cabe aos motoristas no exercício da sua profissão, seja isso transportando pessoas ou mercadorias.

Leia mais:Protegidos por São Cristóvão

Cuidar da nossa casa!

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

No dia de Pentecostes, 24 de maio, o Papa Francisco deu por concluída a Carta Encíclica “Laudato Si – sobre o cuidado da casa comum”. A data foi escolhida a dedo, para expressar o desejo do Papa de se empreender um grande diálogo em torno da preservação do meio ambiente. Assim como no primeiro pentecostes, quando o Espírito Santo propiciou às populações reunidas em Jerusalém a possibilidade de entenderem tudo o que os apóstolos falavam (At 2), é desejo do atual Papa ver as diversas religiões e ciências dialogarem entre si, “visando o cuidado da natureza, a defesa dos pobres e a construção de uma rede de respeito e de fraternidade”. Nas palavras de Francisco, “a gravidade da crise ecológica obriga-nos, a todos, a pensar no bem comum e a prosseguir pelo caminho do diálogo que requer paciência, ascese e generosidade, lembrando-nos sempre que a realidade é superior à idéia” (n.201).

Leia mais:Cuidar da nossa casa!

Campanhas

Leigos

Liturgia em Mutirão III

Paz

Clique aqui para baixar o banner do Ano da Paz.