Papa Francisco nomeia bispo auxiliar para arquidiocese de São Paulo

O papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 23, o padre José Benedito Cardoso, atualmente vigário geral da diocese de Itapetininga (SP), como novo bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo (SP). A decisão do pontífice atende ao pedido feito pelo arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação ao novo bispo por meio do secretário-geral da entidade, dom Leonardo Ulrich Steiner.

Padre José Benedito Cardoso foi nomeado pelo papa Francisco como bispo auxiliar de São Paulo. Crédito: Diocese de Itapetininga

Padre José Benedito Cardoso nasceu em Angatuba, São Paulo, em setembro de 1961. É formado em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras; e em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo (ITESP). Também cursou Direito pela Fundação KarnigBazarian, em Itapetininga (SP). Atualmente possui mestrado em Direito Canônico, pelo Instituto Doutor Padre Giuseppe Benito Pegoraro, em São Paulo.

Sua ordenação presbiteral ocorreu em 23 de novembro de 1986, em Sorocaba (SP). Na sua trajetória já exerceu as funções de pároco na Paróquia Bom Jesus, em Alambari (SP), de 1987 a 1988; Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres, em Itapetininga, de 1987 a 1988; Reitor no Seminário João Paulo II, em Itapetininga; Chanceler da Cúria, em Itapetininga; Juiz do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Sorocaba e Assessor Diocesano da Pastoral Carcerária.

Atualmente além de pároco na Paróquia São Roque, em Itapetininga, exerce os postos de Vigário Geral e Vigário Judicial.

 

SAUDAÇÃO DA CNBB AO PADRE JOSÉ BENEDITO CARDOSO

Estimado irmão, Padre José Benedito Cardoso,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se alegra com a notícia da feliz decisão do Papa Francisco, nomeando-o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo (SP).

Queremos unir-nos ao Cardeal Odilo Pedro Scherer e à Arquidiocese de São Paulo, para manifestar nossa gratidão pelo seu “sim” ao ministério episcopal.

O Papa Francisco, em sua exortação apostólica Evangelii Gaudium, insiste numa Igreja em Saída e na necessidade de que “o pastor tenha cheiro das ovelhas”, motivado pelo exemplo de Jesus, o Bom Pastor, comprometendo-se em estar próximo do povo concreto que Deus, através da Igreja, lhe confia. “Ninguém fica excluído do seu coração, da sua oração e do seu sorriso. Com olhar amoroso e coração de pai acolhe, inclui e, quando tem que corrigir, é sempre para aproximar; não despreza ninguém, estando pronto a sujar as mãos por todos. […] Com paciência, escuta os problemas e acompanha os passos das pessoas, concedendo o perdão divino com generosa compaixão. Não ralha com quem deixa ou perde a estrada, mas está sempre pronto a reintegrar e a compor as contendas. É um homem que sabe incluir” (Papa Francisco, solenidade do Sagrado Coração de Jesus, 2016).

Pe. José Benedito, sinta-se acolhido como novo membro da nossa Conferência Episcopal, que lhe deseja um fecundo ministério, sob a proteção da Mãe de Jesus e nossa.

Em Cristo,

Brasília-DF, 22 de janeiro de 2019

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-geral da CNBB

 

Share This