Papa Francisco nomeia novo bispo para a diocese de Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 22 de maio, o novo bispo para a vacante diocese de Cachoeira do Sul (RS). O escolhido foi o padre Edson Batista de Mello, do clero de Novo Hamburgo (RS). A diocese estava vacante desde 6 de janeiro de 2018, quando faleceu dom Remídio Bohn.

O bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, enviou saudação ao novo bispo: “a CNBB se alegra com sua nomeação como novo bispo de Cachoeira do Sul (RS). Nossa gratidão, neste momento, se endereça ao coração do Santo Padre, Papa Francisco, que olha com carinho para a Igreja no Brasil e envia novos pastores”.

Novo bispo
Padre Edson Batista de Mello nasceu no dia 15 de dezembro de 1964, na cidade de São Leopoldo (RS), filho de Jorge Emílio de Mello, já falecido, e Renata Garcez de Mello. Seus estudos iniciais foram na Escola Municipal Borges de Medeiros e na Escola Técnica Polisinos. O Ensino Médio foi cursado na Escola Técnica Frederico Schimidt, em São Leopoldo.

Em 1983, iniciou o curso de Engenharia Civil, na Unisinos. Neste período, ingressou no Exército Brasileiro, onde permaneceu como Oficial Temporário até janeiro de 1990. No ano seguinte iniciou a formação presbiteral, cursando Filosofia na Unisinos (1991 a 1993) e Teologia no Centro de Estudos Teológicos João Vianney, no Seminário de Viamão (RS).

Foi ordenado diácono em 30 de maio de 1997, na paróquia Santa Teresinha de Campo Bom. A ordenação sacerdotal foi no mesmo ano, no dia 5 de dezembro, na paróquia Santa Catarina, em São Leopoldo.

Atividades pastorais
Atuou como vigário paroquial na paróquia São Pedro, em Gramado (RS), foi pároco da paróquia Santa Catarina, de 1998 a 2002, ano em que atuou como coordenador de Pastoral. Entre 2003 e 2005, foi formador no Seminário de Viamão. De 2006 a 2010, padre Edson foi pároco na paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Canela (RS).

De 2010 até 2016, foi reitor do Seminário São Luís Gonzaga, em Viamão. Atualmente, é pároco na paróquia Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo, e coordenador diocesano de Pastoral, desde janeiro de 2017.

 

Saudação da CNBB ao P. Edson Batista de Mello

Brasília, 22 de maio de 2019

Prezado Irmão, P. Edson Batista de Mello.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se alegra com sua nomeação como novo bispo de Cachoeira do Sul (RS). Nossa gratidão, neste momento, se endereça ao coração do Santo Padre, Papa Francisco, que olha com carinho para a Igreja no Brasil e envia novos pastores.

Sua experiência na formação do clero e sua dedicação pastoral podem ser consideradas como sinal da Providência Divina como preparação para esta missão que a Igreja, agora, lhe confia.

Buscamos as palavras do Papa Francisco dirigida aos bispos da América Central, no início deste ano: “A Igreja, por sua natureza, é Mãe e, como tal, gera e resguarda a vida protegendo-a de tudo o que possa ameaçar o seu desenvolvimento: uma gestação na liberdade e para a liberdade. Por isso, exorto-vos a promover programas e centros educativos que saibam acompanhar, apoiar e responsabilizar os vossos jovens; por favor, «roubai-os» à rua, antes que a cultura de morte, «vendendo-lhes fumo» e soluções mágicas, se apodere e aproveite da sua inquietude e da sua imaginação. Fazei-o, não com paternalismo, porque não o suportam, nem como quem olha de cima para baixo, pois também não é isso o que o Senhor nos pede, mas como pais, como de irmão para irmão”.

Enviamos nossos votos de grande êxito na missão e nossas orações pelo pastoreio do senhor.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Share This