Pastoral do Menor Nacional discute conjuntura e planejamento    

Termina hoje, dia 08, o encontro  da coordenação e conselho nacional da Pastoral do Menor, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O evento teve o objetivo de dar continuidade ao planejamento trienal,  a partir das diretrizes da IX Assembleia Nacional, bem como partilhar as ações e os desafios mais significativos dos regionais e  tecer  reflexões acerca da conjuntura no país e a incidência política da Pastoral do Menor nos espaços de representação nacional e nas bases.

O Bispo de Referência Nacional da Pastoral do Menor, D. Luiz Gonzaga  Fechio esteve presente durante todo o encontro que reuniu  a coordenadora nacional, Marilda Lima e os representantes dos regionais e sub regionais do conselho da pastoral :Região Norte: Marcia Miranda (AM), Arlindo Sabino (RO)  e Junior  Pereira (PA); Região Sudeste: Regina Leão (RJ), Pe. Ovídio Andrade (SP), Alessandra Castro (MG), Sônia Amâncio (ES), Região Nordeste: Tony Marques (RN), Sonia Pereira  (PB),  Amanda Silva (PB), Nipson Oliveira  (PE), Lidiane Nogueira (CE) , Região Sul: Célia Santana (PR), Pe. Walter (PR) e Marisa Oberton (RS), Região Centro Oeste: Arlene Rodrigues (MS) e Djalma Nascimento (DF).

Na avaliação do bispo de referência,  D. Luiz, o encontro foi  muito produtivo: “ As pessoas estiveram com muita vontade diante das circunstâncias onde estamos enfrentando muitos desafios e precisamos nos unir como irmãos nesta causa. Este encontro nos congrega, nos irmana, faz que possamos nos atualizar nas disposições quanto ao retorno nosso ao lugar de origem diante de tantas coisas que a Graça de Deus nos permite realizar na vida das crianças e adolescentes. Portanto só  fortaleceu a  todos nós  para nossa missão”.

Para a coordenadora nacional, Marilda Lima, o encontro  foi momento de fortalecimento da identidade e mística: “Podemos  beber da fonte da nossa caminhada , refletindo o nosso papel hoje ,afirmado nos nossos princípios e  definindo  estratégias e ferramentas para responder às prioridades tiradas na última Assembleia com  foco na incidência política, qualificando a participação de famílias e adolescentes”.

Marilda ressaltou ainda  a participação do grupo e em especial de D. Luiz Fechio : “Foi muito bom pela dedicação ao processo reflexivo, visando aprimorar a nossa prática, com o Plano de Monitoramento e Avaliação, a fim de evidenciar as mudanças e conquistas. A presença do nosso Pastor  Dom Luiz  é muito especial, porque caminha com compromisso e alegria com os agentes,  nossa profunda  gratidão  a ele”  .

Com informações da Pastoral do Menor Nacional

Share This