Presidente da Anec apresenta eixos de atuação ao Conselho Permanente da CNBB

Instituição desenvolve trabalho nos âmbitos institucional, político, da gestão, pastoral e acadêmico

Com a finalidade de reforçar a parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec), irmão Paulo Fossatti, apresentou ao Conselho Permanente da Conferência, na tarde de terça-feira, 8 de março, os eixos de atuação da entidade.

A Anec é um organismo vinculado à CNBB, que  tem como missão representar as instituições educacionais católicas, promover a educação formal, popular e de assistência social, a partir dos valores cristãos, com foco na construção da cidadania e defesa da vida.

De acordo com irmão Paulo, a Anec abrange cerca de dois milhões e quinhentos mil alunos e tem muito a contribuir com a evangelização da Igreja no Brasil.  Conforme explicou, a Associação atua em cinco eixos: institucional, político, da gestão, da pastoral e acadêmico. No âmbito institucional, disse que a Anec precisa atender as demandas das 450 associadas, por meio de assessoria pedagógica, jurídica e em outras questões. Quanto ao eixo político, falou que a Anec não pode existir para ela própria, mas para atender as demandas da sociedade junto ao governo, às ONGs e às igrejas. Citou como exemplo o apoio à Campanha contra o mosquito Aedes Aegypti. Falou, ainda, da preocupação da entidade em formar gestores responsáveis para as igrejas e instituições católicas, do trabalho pastoral e da produção de conhecimento científico. “É nesse cenário que a Anec se movimenta, busca parceria, soma forças. Esses cinco eixos são os mesmos que a CNBB também se ocupa e trabalha”, acrescentou.

O bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, ressaltou  a importância das entidades vinculadas à Conferência, como a Anec, “que ajudam muito no serviço evangelizador da Igreja”. Disse, ainda, que a Anec sempre procurou trabalhar junto à CNBB.

Após a exposição da Anec, os bispos continuaram a discutir a programação da 54ª  Assembleia Geral da CNBB, que ocorrerá de 6 a 15 de abril, no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho, em Aparecida (SP).

A reunião do Conselho Permanente prosseguirá até quinta-feira, dia 9,  na sede da CNBB, em Brasília.

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This