Presidente da CNBB participa do Congresso Nacional Missionário

O arcebispo de Brasília (DF) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Sergio da Rocha, vai participar do 4º Congresso Missionário Nacional, que acontece de 7 a 10 de setembro, na Arquidiocese de Olinda e Recife.

O cardeal vai falar sobre Sinodalidade – que expressa a participação e comunhão em vista da missão na caminhada da Igreja -, em uma das cinco grandes conferências que serão oferecidas durante o evento e que será desdobrada em mais 30 oficinas. As demais reflexões serão: Comunhão; Alegria do Evangelho; Testemunho e Profetismo; e Igreja em saída na perspectiva Ad gentes.

Para Dom Sérgio a sinodalidade da Igreja é tema de profunda atualidade, adquirindo especial importância desde o Vaticano II, principalmente no pontificado do papa Francisco.

“Ele nos ofereceu uma reflexão teológica profunda e desafiadora sobre a sinodalidade da Igreja, na comemoração dos 50 anos da instituição do Sínodo dos Bispos, aos 17 de outubro de 2015, afirmando que ‘o caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio’”, destaca o cardeal.

Divulgação

Com o tema “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída”, o evento reunirá, em Recife (PE), 700 participantes de todo o Brasil. Entre eles, coordenadores de conselhos missionários, bispos, padres, religiosos, seminaristas e convidados. O objetivo é impulsionar a Igreja no Brasil para um dinamismo de saída e caminhar juntos no testemunho da alegria do Evangelho, da comunhão e do profetismo.

O presidente da Comissão Episcopal para Animação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, dom Esmeraldo de Farias destaca a importância de “dar atenção especial à espiritualidade a partir da vida e missão de Jesus, servo missionário que se identifica com os pobres e acolhe misericordiosamente a todos”, destaca o bispo que é também presidente do Congresso.

O evento vai girar em torno de quatro palavras inspiradoras, uma para cada dia: “encontrar, contemplar, discernir e propor”. O Congresso servirá de preparação para o V Congresso Missionário Americano em julho de 2018 em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Padre Maurício da Silva Jardim, diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM). Foto: Reprodução CNBB TV

O diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM), padre Maurício da Silva Jardim, diz que o objetivo do Congresso é oferecer às igrejas particulares do Brasil uma carta com orientações sobre a caminhada missionária de uma Igreja em saída.

“O Congresso é um ponto de chegada e um ponto de partida. Nós estamos chegando celebrando tudo o que já se faz de missão nas dioceses, nas comunidades e partindo do congresso nós já estamos olhando para o encontro internacional. Nós queremos oferecer contribuições, pistas de ação para a caminhada missionária da Igreja”, destaca o padre.

O Congresso é promovido pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) em comunhão com o Conselho Missionário Nacional (Comina) e a arquidiocese de Olinda e Recife. Durante o evento, no dia 8 de setembro, será lançada ainda a Campanha Missionária 2017.

Histórico

O 1º Congresso Missionário Nacional aconteceu em 2003, na arquidiocese de Belo Horizonte (MG), o 2º em Aparecida (SP), em 2008 e o 3º na cidade de Palmas (TO), em 2012.

Confira os materiais, programação e todas as informações do 4º CMN aqui.

Share This