Abertas as inscrições para o Átrio dos Gentios

“Deus, Cosmos, Humanidade: um diálogo de fronteiras” será tema do evento

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a arquidiocese de Curitiba (PR) e o Instituto Ciência e Fé da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) realizarão, de 11 a 13 de abril, o Átrio dos Gentios. O evento, que busca o diálogo entre a ciência, a cultura e a fé,  acontecerá na PUCPR.

O Átrio dos Gentios é promovido, em âmbito internacional, pelo Pontifício Conselho para a Cultura da Santa Sé, e acontece em espaços simbólicos de diferentes cidades do mundo. Esta será a primeira vez que o Átrio de Gentios ocorrerá no Brasil. Participarão intelectuais, artistas, acadêmicos cristãos e não cristãos para discussões e debates de temas que tocam, antes de tudo, a existência humana e sua relação com o transcendente.

Programação

Para explorar o tema central do evento, “Deus, Cosmos, Humanidade: um diálogo de fronteiras”, diversas atividades estão programadas. Na segunda-feira, por exemplo, haverá debate sobre ciência e religião entre o presidente do Pontifício Conselho para a Cultura,  cardeal italiano Gianfranco Ravasi,  com o astrofísico, Marcelo Gleiser.

Há também um encontro de Ravasi com os jovens, programado para terça-feira, para discutir temas do cotidiano. O escritor Luli Radfahrer também estará presente para falar sobre a relação entre espiritualidade e tecnologia. Para o fechamento, no dia 13 de abril, haverá show.

“Acreditamos que este tema nos instiga a perguntar sobre as possibilidades de aproximação dessas três dimensões essenciais para nossa existência, questões que em algum momento da vida temos coragem de fazer para nós mesmos”, esclarece o diretor do Instituto Ciência e Fé, Fabiano Incerti, um dos idealizadores do evento no Brasil.

“Átrio dos Gentios”

O nome “Átrio dos Gentios” refere-se ao templo de Jerusalém construído depois do exílio, durante os anos 20-19 AC. Além das áreas reservadas aos membros populares de Israel, foi preparado, na parte interna do templo, um lugar reservado aos não judeus e aos “gentios” que queriam chegar próximo do espaço sagrado e questionar os rabinos e mestres da lei sobre espiritualidade, mistério, religião, Deus. Este foi o “Pátio dos Gentios”, um espaço para que todos pudessem atravessar sem distinção de cultura, língua ou vocação religiosa, no qual era possível se perguntar sobre as grandes questões da vida e da sociedade.

A partir dessa proposta, o Pontifício Conselho para a Cultura busca criar lugares de liberdade de expressão e respeito por aqueles que não acreditam e aqueles que fazem perguntas sobre sua fé.

Inspirado no discurso do Papa Bento XVI à Cúria Romana, no natal de 2009, o Átrio dos Gentios nasce da possibilidade do encontro transparente e honesto entre as pessoas que creem e aquelas que não creem.

Informações, acesse o site do evento: http://cienciaefe.pucpr.br/

Com informações e foto da PUCPR

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This