Quando o dia da Paz renascer

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo  de Campos (RJ)

Aproximando-se a data da realização do segundo turno das eleições nacionais, vem a nós a necessidade de retomar a esperança na utopia do Reino, sem a qual a política se torna mera administração e arranjo de interesses. Fazer referência a Paz é importante, especialmente depois de termos passado pelas eleições mais agressivas e turbulentas após a instauração da Nova República.

Lembrar que, para nós cristãos, a não violência deve inspirar um estilo de vida político e uma convivialidade cívica, como afirmou o Papa na mensagem para o Dia Mundial da Paz. Implica não só ter a concórdia e a reconciliação como meta, mas transitar por caminhos e processos que oportunizem a aproximação e o diálogo de oponentes, tanto sejam partidos, ideologias, como pessoas.

Sem o respeito e a firme convicção de que a construção do bem comum exige a consideração da dignidade da pessoa humana, na proteção do direito das minorias, na liberdade irrestrita de pensamento e expressão e nas práticas democráticas de convivência, voltaremos ao Estado do Leviatã hobbesiano, do autoritarismo e arbitrariedade erigidos como norma. Embora os candidatos tenham prometido ser fiéis à Constituição, percebe-se um clima perigoso de declarações rompantes e de simpatia para com filosofias fascistas.

Torna-se urgente superar o discurso do ódio de tantos haters (odiadores) que têm animado as campanhas e convertido a política em cruzada de fanatismo. Do contrário, teremos anos sombrios e nefastos pela frente, contradizendo radicalmente a índole de nosso povo, que sempre foi alegre, cordial, solidário e esperançoso.

Importa afirmar nossa fé e confiança no Estado Social de Direito, na Democracia viva e atuante, numa sociedade civil forte e articulada, para manter sempre vigentes conquistas das liberdades e dos direitos do povo brasileiro. Por isso, compareçamos às urnas sem ódio, sem medo, com a esperança firme em nossos corações e nossas mentes. Deus seja louvado!

Artigos similares

Seguir Jesus

01/08/2018

Bispo do Povo

05/09/2017
Share This