Regional apresenta a parlamentares alemães informações sobre violação aos direitos humanos no Pará

Na manhã desta quinta-feira, 29, o Regional Norte 2 da CNBB (Pará e Amapá) recebeu a reunião da Comissão Parlamentar de Amizade Brasil-Alemanha com os movimentos sociais e coordenadores de pastorais.

Participaram do encontro o Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), a Cáritas Brasileira Regional Norte 2, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e a Comissão de Justiça e Paz (CJP).

O motivo do encontro, de acordo com o Conselheiro da Embaixada Alemã, é estreitar as relações com os dois países, tomar conhecimento sobre a realidade social da região Amazônica, a partir das informações que os movimentos sociais têm como experiência de luta, e saber o que já está sendo feito para solucionar os problemas sociais.

Os representantes das Pastorais do Regional relataram as mazelas sociais que o estado do Pará enfrenta. Como casos de trabalho escravo, informado por Hilário Lopes Costa, agente da CPT Norte 2 em Tucuruí.

A coordenadora da CJP no Regional, Irmã Maria Henriqueta, explicou que o Pará apresenta um quadro alarmante de violação aos direitos da criança e do adolescente. E informou que a Igreja vem desempenhando um trabalho de acolhida para com as vítimas de abuso e exploração sexual.

Elisete Veiga do Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade (MMCC) complementou o assunto informando que a região do Marajó encontra-se na rota de tráfico de mulheres e adolescentes, e que há a constatação do envolvimento de parlamentares políticos. Como pessoas públicas utilizam do sistema de proteção da justiça para que os crimes sejam subjugados.

As falas dos coordenadores eram traduzidas por uma intérprete para os parlamentares alemães, que atentos anotavam a tudo o que era informado.

Ao final os parlamentares elogiaram o trabalho que o Regional Norte 2 vem realizando na região Amazônica. Enfatizaram que os desafios enfrentados são perigosos e desejaram energia a todos aqueles que lutam pela vida e pela dignidade humana.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This