Roraima prepara Bote Fé na Juventude

Depois de percorrer vários estados do país, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) chegam a Diocese de Roraima no dia 1º e 2 de setembro. O evento “Bote Fé na Juventude” deve reunir mais de 10 mil fiéis na capital, Boa Vista.

A programação começa com uma carreata que percorrerá diversos bairros da capital. A concentração será na Catedral Cristo Redentor no início da tarde. A ideia é parar em pontos estratégicos, como o Hospital Geral de Roraima, o Centro Sócio Educativo e praças esportivas.
Ainda no sábado, a partir das 8 da noite, os participantes serão convidados a fazerem vigília de oração na igreja São João Batista, no Caranã, até 4h da manhã de domingo.
No segundo dia, os símbolos partem rumo a Catedral Cristo Redentor para uma missa dedicada aos doentes e idosos. Os símbolos da JMJ permanecem no recinto para visitação e oração até as o início da tarde. A partir das 3 da tarde, a multidão se reúne na igreja São Bento, para a Via-Sacra que seguirá rumo ao palco Velia Coutinho. Durante o trajeto, os jovens levarão a Cruz Peregrina e o Ícone de Maria até o local da missa.
A celebração será presidida pelo bispo de Roraima, dom Roque Palosqui. No final da missa, uma réplica da cruz peregrina será abençoada e entregue aos fiéis de Caracaraí, primeira paróquia a levar a réplica e iniciar a peregrinação pelo Estado. A cópia da Cruz passará por todas as paróquias da Diocese de Roraima. Em seguida, a cantora católica Adriana Arydes apresentará as suas músicas ao público.
Para dom Roque, será um momento de congregar, fortalecer a fé e de festejar com a juventude católica, sob a iluminação bíblica: “Ide e fazei discípulos meus todos os povos” (Mt 28,19). Segundo ele, a cruz, quer “entusiasmar a juventude pelo seguimento de Jesus”.
Acompanhando a Cruz está o Ícone de Maria, que segundo o bispo recorda que a Mãe sempre esteve ao lado de seu Filho. “Portanto, abraçar a cruz junto com Jesus significa para o discípulo, estar voltado para o Pai e para os irmãos. Sempre acompanhado pela Mãe”, explicou Palosqui.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This