Santuário de Aparecida deve receber 600 mil pessoas durante a novena da Padroeira do Brasil

“Cerca de 600 mil pessoas são aguardadas durante a Novena de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil”. Foi o número apresentado na tarde desta segunda-feira pelo Santuário Nacional de Aparecida. De acordo com o reitor do Santuário Nacional de Aparecida, padre Darci Nicioli, ao longo do mês de outubro deverão passar 1 milhão e 300 mil pessoas e, só no dia 12, Dia Padroeira, o Santuário espera 100 mil pessoas.

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Aparecida (SP), dom Raymundo Damasceno Assis, disse que haverá muitas surpresas neste ano e priorizou a oração e reflexão para a Festa da Padroeira do Brasil.

“Temos certeza que a Novena desse ano será muito especial e está repleta de muitas surpresas. O mais importante é que o devoto de Nossa Senhora Aparecida consiga viver intensamente esse momento de oração e reflexão. O tema desse ano nos faz refletir sobre o Coração Materno de Deus e temos muito a falar sobre isso. A cada dia um pregador fará uma reflexão especial e aguardamos um resultado positivo. Eu, depois de dois anos longe da festa por motivos profissionais, estarei aqui fazendo parte desse momento de oração e fé”, disse dom Damasceno.

coletiva_aparecidaPadre Darci Nicioli lembrou que a novena é uma catequese e que todos acabam aprendendo muito com os temas. “Temos a certeza que a novena é uma catequese e não teria sentido realizarmos esses nove dias de oração, se não fosse para catequizar os devotos da Mãe Aparecida”, disse Nicioli.

Romaria Nacional da Juventude

Ainda durante o encontro, dom Damasceno lembrou os preparativos para a Romaria Nacional da Juventude que vai acontecer no Santuário Nacional durante o feriado da Proclamação da República em 15 de novembro.

“Serão dias de oração. A igreja tem pensado muito em nossos jovens e dedicado espaço especial para eles. Essa Romaria Nacional vai acontecer pelo terceiro ano aqui no Santuário, cada vez mais reunindo milhares de jovens. Temos uma preocupação especial com os jovens e por isso a CNBB, desde o ano passado, dedica espaço especial, com a criação da Comissão para a Juventude. O resultado tem sido maravilhoso. Basta observarmos a participação do Brasil na Jornada Mundial da Juventude”, afirmou dom Damasceno.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This