O fortalecimento da vocação é tema de retiro do clero em Pelotas

Os presbíteros da arquidiocese de Pelotas (RS) participaram, de 24 a 27 de março, de retiro do clero, que abordou o tema “o fortalecimento da vocação”. O  arcebispo de Pelotas, dom Jacinto Bergmann, presidiu a missa de encerramento do encontro, e que foi concelebrada pelo bispo da diocese de Palmas-Francisco Beltrão (PR) dom José Peruzzo, e pelo bispo emérito dom Jayme Chemello e por padres presentes.

Na homilia, dom Jacinto pediu para que todos “se mantenham firmes, sem desviar da missão a qual são chamados, e que todos possam estar alicerçados na Palavra de Deus”.

Dom José Peruzzo destacou que o retiro do clero teve uma temática eminentemente bíblica. “Estudamos alguns grandes profetas, como Jeremias e Paulo que enfrentaram momentos difíceis em sua missão, a relação de Jesus com os discípulos; eles eram tão humanos como nós somos, como foram os padres de ontem e de hoje”, disse.

Dom José destacou ainda que a sociedade atual vive um tempo em que tudo é avaliado sob critérios de produtividade, eficiência e  competitividade, na busca de resultados, mas, o sacerdócio, ministério, vocação e missão, fundamentam-se em outras realidades. “Acentuamos fortemente em nossos estudos a vocação, a consciência de termos sido chamados por Deus”, explicou.

Por fim, dom José fez um chamamento dizendo que cabe aos padres  “salvar a leitura orante da palavra de Deus”, porque, esta “salvará todo o nosso ministério”. O bispo afirma que liderança, carisma ou prestígio, em meio à comunidade, só têm relevância “se não perdermos o fundamental, a intimidade com o Senhor Jesus”.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *

Share This