O coordenador da Escola Nacional Paulo Freire em São Paulo, Davi Martins, explica que o projeto atua com a formação de agentes populares de saúde, alimentação e educação e foi parte fundamental das iniciativas de solidariedade, companheirismo e fraternidade que permitiu condições mais dignas para pessoas vulneráveis no período da pandemia
O mutirão será realizado de 20 a 22 de março de 2024. De acordo com a coordenação da 6ªSSB, o encerramento no ano que vem possibilitará uma “retomada consistente e unitária das ações, em sintonia com o início do ano pastoral de todas nossas igrejas locais” e também um tempo oportuno para consolidar os processos nos diversos regionais da CNBB

Você também pode gostar