A série “Fraternidade em Ação” apresenta o projeto Lar Nossa Senhora das Graças que acolhe idosos em Palmas (PR)

Conheça mais um vídeo da série “Fraternidade em Ação” sobre a experiência: “A velhice e suas necessidades – Lar Nossa Senhora das Graças“. O projeto recebe 24 idosos e é desenvolvido em Palmas (Paraná). Em 2023, recebeu apoio do Fundo Nacional da Solidariedade (FNS) composto com recursos da Coleta Nacional da Solidariedade.

A série “Fraternidade em Ação” é desenvolvida pela Pascom Brasil em parceria com o Setor de Campanhas da CNBB. Nos vídeos, são apresentados alguns dos projetos apoiados com os recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS).

No vídeo abaixo, com reportagem de Elvim Santos, o diretor-geral e padre Rudinei José Willers fala sobre o objetivo do projeto e como o apoio recebido do FNS permitiu equipar melhor a cozinha do lar e adquirir alimentação de qualidade para os idosos. “O objetivo principal deste projeto é oferecer para os idosos uma alimentação de qualidade, importante para a sua sua saúde”, disse.

Sobre a Coleta Nacional de Solidariedade, o padre chama a atenção que neste tempo Quaresmal e de conversão seja um tempo de pensar nos mais pobres e fragilizados.

“É um convite especial. Que possamos ter o coração aberto e colaborar com a Campanha da Fraternidade e também colaborar com inúmeros projetos que favorecem a população e, principalmente, os mais pobres e marginalizados”, conclamou o padre Rudinei. 

Conheça o projeto no vídeo abaixo:

 

Conheça o Fundo Nacional da Solidariedade

Os recursos destinados a projetos sociais em todo o Brasil são oriundos da Coleta Nacional de Solidariedade, realizada anualmente no Domingo de Ramos, em todas as comunidades católicas do país. Este é o gesto concreto da Campanha da Fraternidade e forma dois fundos caritativos: o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) e o Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS), os quais têm por objetivo promover a sustentação da ação social da Igreja Católica do Brasil.

Dos valores arrecadados na Coleta Nacional de Solidariedade, 60% do total forma o FDS, em cada diocese. Os outros 40% são enviados para a CNBB, formando o FNS, gerido por um conselho gestor. Compõem este conselho o secretário-geral da CNBB, o presidente e o assessor da Comissão para a Ação Sociotransformadora, o ecônomo, o subsecretário adjunto geral, profissionais do Departamento Social, o secretário de Campanhas e um representante dos secretários executivos dos Regionais da CNBB.

Em 2023, a Campanha da Fraternidade 2023 foi refletida e vivenciada sob o tema “Fraternidade e fome”, diante da situação de retorno do país ao Mapa da Fome. Com três reuniões realizadas durante o ano, o Conselho Gestor do FNS aprovou 240 projetos, distribuindo R$ 6.577.799,88.

Saiba mais sobre os projetos apoiados pelo FNS.

 

Coleta Nacional da Solidariedade

No domingo, 24 de março, a Igreja celebra a Solenidade de Ramos, o portal para a entrada da Semana Santa. É nas celebrações deste fim de semana que acontece, nas comunidades eclesiais, missionárias e católicas do Brasil, a Coleta Nacional da Solidariedade.

O gesto concreto de oferta da Campanha da Fraternidade passa a compor os fundos diocesanos e nacional da Solidariedade e fortalece o braço da ação social e caritativa das Igrejas particulares do Brasil e da CNBB.

Tags:

leia também