Arquidiocese de Juiz de Fora (MG) comunica a páscoa de seu arcebispo emérito, dom Eurico dos Santos Veloso

O arcebispo de Juiz de Fora (MG), dom Gil Antônio Moreira, comunicou, por meio de uma nota, na manhã do domingo, 1º de outubro, que o arcebispo emérito daquela Igreja Particular, dom Eurico dos Santos Veloso, fez sua páscoa no último sábado, 30 de setembro, com 90 anos de idade.

Segundo a nota, “depois de vários dias internado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, pelo agravamento dos problemas cardíacos, foi levado à UTI, ontem, por volta das 15 horas, tendo feito sua Páscoa definitiva às 23h20”.

Informações sobre o velório e as Exéquias

O corpo do arcebispo emérito será velado na catedral de Juiz de Fora (MG) neste domingo, 1º de outubro, a partir de 8h, até 21h e segunda-feira, 2 de outubro, a partir das 6h às 14 horas, quando será celebrada a missa Exequial, seguida de sepultamento na cripta da catedral.

Neste domingo, haverá missas com o corpo presente nos horários: 8h30, 10h, 12h, 16h, 18h e 19h30, com paramentos verdes.  Segunda feira, as missas serão às 7h, 10h, 12h e 14horas, todas com paramentos roxos. “Pedimos aos padres e bispos que tragam as suas estolas e que os últimos tragam mitra branca”, solicita a nota.

Biografia e trajetória

Nascido aos 13 de abril de 1933, dom Eurico é natural de Juiz de Fora (MG), no distrito de Sarandira. Entrou para o seminário Santo Antônio aos 16 anos para o curso de admissão ao ginásio. Em 1956, ingressou no seminário maior São José, em Mariana (MA), para o curso de Filosofia e de Teologia.

Sua ordenação presbiteral aconteceu em 22 de setembro 1962. Atuou primeiramente na paróquia N. Sra. das Mercês, em Mar de Espanha, município mineiro, como vigário. Neste mesmo ano, em agosto, foi transferido para o seminário, como vice-reitor, disciplinado, professor, capelão do noviciado das irmãs dos Santos Anjos e depois capelão do colégio da mesma congregação.

Em janeiro de 1970, voltou à Mar de Espanha como pároco. Ingressou, como professor, em um colégio particular e, depois, em um da rede estadual. Nesta época, dom Eurico cooperou na coordenação pastoral da arquidiocese.

Em 1978, além da paróquia, voltou a trabalhar no seminário e logo depois foi nomeado vigário geral. Continuou com as aulas de Ensino Religioso em uma escola estadual. Em 5 de julho de 1987, foi ordenado bispo auxiliar de Juiz de Fora.

Com a renúncia ao governo da arquidiocese, de dom Juvenal Roriz, foi escolhido pelo colégio dos consultores como administrador arquidiocesano, no dia 7 de fevereiro de 1990. Em 15 de agosto de 1991, passou o governo da arquidiocese a dom Clóvis Frainer. Iniciou o pastoreio, como bispo coadjutor na diocese de Luz (MG), em 30 de agosto de 1991, cujo bispo diocesano, à época, era dom Belchior da Silva Neto. Em 18 de maio de 1994, assumiu a diocese como 3º bispo diocesano.

Em 28 de novembro de 2001, foi transferido para a arquidiocese de Juiz de Fora, assumindo a mesma no início de fevereiro de 2002. Durante seu pastoreio, abril de 2003 à novembro de 2008, visitou todas as 84 paróquias e também quase paróquias. Atuou, na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, no setor Ensino Religioso, ligado à Comissão Episcopal para a Cultura e a Educação e no regional Leste 2 da CNBB, na promoção do ecumenismo e diálogo inter-religioso. Terminou seu arcebispado em 28 de março de 2009, sendo agora bispo emérito da arquidiocese de Juiz de Fora (MG).

Nota de Condolências da CNBB pela Páscoa de dom Eurico Santos Veloso

Brasília-DF, 1º de outubro de 2023

Estimado irmão, Dom Gil Antônio Moreira

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta pesar pelo falecimento do arcebispo emérito da Igreja particular de Juiz de Fora (MG), Dom Eurico dos Santos Veloso ocorrido na noite do último sábado, 30 de setembro.

Unimo-nos em solidariedade e estendemos nossos mais sinceros sentimentos ao arcebispo de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, aos familiares, amigos e a todo povo de Deus presente na diocese.

Em preces pela alma de Dom Eurico dos Santos Veloso, damos graças a Deus pela vida deste pastor que espalhou o perfume do Evangelho em terras mineiras. Agradecemos, imensamente, a sua valiosa contribuição no campo do Ensino Religioso, na CNBB, e na promoção do ecumenismo e diálogo inter-religioso, em nosso regional Leste 2 da CNBB.

Rezamos por Dom Eurico dos Santos Veloso: “Confiamos, Senhor, na vossa imensa misericórdia, e pedimos: concedei-lhe, por vossa bondade, o convívio dos apóstolos e mártires”.

Em Cristo,

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Presidente da CNBB

Dom João Justino de Medeiros Silva
Arcebispo de Goiânia (GO)
Primeiro Vice-presidente da CNBB

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Arcebispo de Olinda e Recife (PE)
Segundo Vice-presidente da CNBB

Dom Ricardo Hoepers
Bispo auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-geral da CNBB

 

Tags:

leia também